Mineralogia zinco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5605 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Minas Gerais – Mineralogia III









Zinco no Brasil e no Mundo

SUBTEMA: Comportamento dos minerais a grandes pressões e temperaturas (manto inferior)















Grupo: João Victor Araujo

Julia de Souza Pimenta

Lívia Chaves de Menezes Alves

Professora: Patrícia Sgarbi

Zinco no Brasil e no Mundo1. Mineralogia e Petrografia

O zinco é um metal de cor branco-azulada, forma cristalina hexagonal compacta, número atômico: 30, peso atômico: 65,38, densidade (a 25°C): 7,14, dureza: 2,5 (escala de Mohs), ponto de fusão: 419°C (à pressão de 760mm de Hg) e ponto de ebulição: 920°C.

O zinco é encontrado na natureza principalmente sob a forma de sulfetos, associado ao chumbo, cobre,prata e ferro (galena, calcopirita, argentita e pirita, dentre outros). O minério sulfetado de zinco está sujeito a grandes transformações na zona de oxidação formando óxidos, carbonatos e silicatos. As mineralizações ocorrem, principalmente, nas rochas calcárias que são as hospedeiras usuais.

Os principais minerais de zinco são a blenda ou esfalerita (ZnS), willemita (Zn2SiO4), smithsonita(ZnCO3), calamina ou hemimorfita (2ZnO.SiO2.H2O), wurtzita (Zn,Fe)S, franklinita (Zn,Mn)Fe2O4, hidrozincita [2ZnO3.3Zn(OH)2] e zincita (ZnO), com destaque no caso do Brasil para os minérios calamina, willemita e esfalerita.

Descrição dos principais minerais de zinco:

Esfalerita ou blenda (ZnS)

Classificação: Classe dos Sulfetos

Sistema cristalino: Isométrico

Classe de simetria:4(barra)3m

Hábito: Compacto, botrioide, criptocristalino.

Clivagem: Perfeita em {011}

Dureza: 3,5 – 4

Densidade: 3,9 – 4,1

Brilho: resinoso a submetálico, também adamantino

Cor: incolor quando pura e verde quando quase pura. Comumente amarela, acastanhada a preto, escurecendo com o aumento de ferro. Também vermelha.

- A esfalerita é o mineral-minério mais importante de zinco

-Possui a Wurtsita como polimorfo de alta temperatura.





Willemita (Zn2SiO4)

Classificação: Classe dos silicatos e Grupo dos Nesossilicatos

Sistema cristalino: Hexagonal

Classe de simetria: 3(barra)

Hábito: Maciça a granular, raramente cristais.

Clivagem: Boa em {0001}

Dureza: 5,5

Densidade: 3,9 – 4,2

Brilho: Vítreo a resinoso

Cor: Verde amarelado, vermelho-carne emarrom, branco quando puro.

Smithsonita (ZnCO3)

Classificação: Classe dos Carbonatos

Sistema cristalino: Hexagonal

Classe de simetria: 3(barra)2/m

Hábito: Reniforme, botrioide, ou estalactítica em e em intrusões cristalinas, ou em massas perfuradas conhecidas como “osso- seco”. Também em massas granulares a terrosas.

Clivagem: Perfeita em {101(barra)1}

Dureza: 4 – 4,5Densidade: 4,3 – 4,45

Brilho: Vítreo a ceroso.

Cor: Usualmente castanho manchada. Pode ser incolor, branco, verde, azul ou rosa.

- Reage a ácidos.

Hemimorfita ou calamina (2ZnO.SiO2.H2O)

Classificação: Classe dos Silicatos e Grupo dos Sorosilicatos

Sistema cristalino: Ortorrômbico

Classe de simetria: mm2

Hábito: Os cristais são frequentemente divergentes, originando gruposarredondados com leves reentrâncias arredondadas recortadas entre os cristais individuais, formando articulações ou massas tipo crista de galo. Também mamelonar, estalactítica, maciça e granular.

Clivagem: Perfeita em {110}

Dureza: 4,5 - 5

Densidade: 3,4 – 3,5

Brilho: Vítreo

Cor: Branco a cinza, em alguns casos com leves sombras azuladas ou esverdeadas; também amarela a marrom.

- Temforte piroeletricidade e piezoeletricidade.



Franklinita ((Zn,Fe,Mn)(Fe,Mn)2O4)

Classificação: Classe dos Óxidos e Grupo do Espinélio

Sistema cristalino: Isométrico

Classe de simetria: 4/m3(barra)2/m

Hábito: Geralmente arredondados. Também maciça, com granulometria fina ou grossa, em grãos arredondados.

Dureza: 6,0

Densidade: 5,15

Brilho: Metálico

Cor: Preto-ferro...
tracking img