Micologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2128 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS

INSTITUTO DE SAÚDE E BIOTECNOLOGIA

CAMPUS MÉDIO SOLIMÕES

BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA

MICOLOGIA

JAMILSON DA ROCHA LIMA

MAIKSON SEABRA DÁVILA

MICHELLE MARINHO DO NASCIMENTO

RENAN TAVARES

WEISON LIMA

COARI

2010

JAMILSON DA ROCHA LIMA

MAIKSON SEABRA DÁVILA

MICHELLE MARINHO DO NASCIMENTO

RENAN TAVARES

WEISON LIMAFUNGOS E SUA UTILIZAÇÃO BIOTECNOLOGICA

Trabalho apresentado a Universidade Federal do Amazonas como pré-requisito para obtenção de nota junto à disciplina de Micologia ministrada pelo Prof°. Dr°. Fernando Mauro Pereira Soares.

COARI

2010

INTRODUÇÃO

Fungos, juntamente com as bactérias heterotróficas, são os principais decompositores da biosfera,quebrando os produtos orgânicos e reciclando carbono, nitrogênio e outros compostos do solo e do ar. São organismos não fotossintetizantes que crescem rapidamente e, caracteristicamente, formam filamentos chamados hifas, as quais podem ser septadas ou asseptadas. Na maioria dos fungos as hifas são grandemente ramificadas, formando um micélio, que é responsável por todas as funções vegetativas doorganismo. Fungos parasitas geralmente têm hifa especializada (haustório) por intermédio da qual extraem carbono orgânico das células vivas de outros organismos.
Os fungos, em sua maioria terrestres, reproduzem-se por meio de esporos, os quais usualmente têm dispersão pelo vento. Células móveis não são formadas em nenhum estágio de seu ciclo de vida. O glicogênio é o polissacarídeo primário dereserva. A membrana celular dos fungos é formada na maioria dos casos, por quitina, e alguns, por celulose.
A maioria dos fungos é saprófita, isto é, eles vivem na matéria orgânica em decomposição. A obtenção de alimento efetua-se por absorção através das paredes das células, pelo que os elementos nutritivos devem estar em forma de solução. O micélio segrega umas enzimas especiais que atuam sobre assubstâncias, liquefazendo-as. Em outras situações, o micélio emite uns órgãos chamados haustórios, que penetram no tecido dos organismos hospedeiros absorvendo o alimento.
Muitos fungos são economicamente importantes para o homem como destruidores de alimentos estocados e outros materiais orgânicos. O reino também inclui as leveduras, Penicillium e outros produtores de antibióticos,fermentadores de queijos e cogumelos comestíveis.
Os fungos inferiores, em especial as leveduras, multiplicam-se por gemulação. A multiplicação vegetativa a partir de partes do micélio é muito vulgar nestes organismos, que se reproduzem por esporos e sexuadamente. Os fungos são um vasto grupo que compreende quase um terço dos organismos existentes na terra e a sua importância para os ecossistemasterrestres é muito grande. Em conjunto com as bactérias e os protozoários, os fungos, em especial os microscópicos, decompõem a matéria orgânica do solo contribuindo para o aumento da sua fertilidade.
Eles mofam pães, estragam sapatos e tingem paredes com manchas verdes. Ao mesmo tempo fontes de remédios — sobretudo antibióticos — e provocadores de doenças, também são mundialmente consumidos na forma depratos nobres, como as raríssimas e caras trufas e o champignon. Pioneiros entre as formas de vida na Terra são tão diversos entre si e diferentes de todos os outros seres do planeta que, depois de muita controvérsia sobre sua classificação, acabaram considerados um reino à parte na natureza. Os fungos, que crescem tanto em organismos vivos como nos mortos, começam a ser cobiçados para ajudarempresas brasileiras no controle de qualidade de produtos industrializados.

FUNGOS E A SUA UTILIZAÇÃO BIOTECNOLOGICA

Os fungos são organismos extremamente importantes para o equilíbrio da natureza. As espécies saprofágicas, juntamente com determinadas bactérias, desempenham o papel de decompositores, destruindo cadáveres e restos de plantas e animais. Isso permite que a matéria orgânica dos...
tracking img