Micoempresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1917 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

O SEBRAE, Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa, utiliza ainda o conceito de pessoas ocupadas nas empresas, principalmente nos estudos e levantamentos sobre a presença da micro e pequena empresa na economia brasileira, conforme os seguintes números:

Classificação Indústria Comércio e Serviços
Microempresa Até 19 pessoas ocupadas Até 09 pessoas ocupadasPequena Empresa De 20 a 99 pessoas ocupadas De 10 a 49 pessoas ocupadas
Média Empresa De 100 a 499 pessoas ocupadas De 50 a 99 pessoas ocupadas
Grande Empresa Acima de 499 pessoas ocupadas Acima de 99 pessoas ocupadas

Diferenças entre Micro/Pequena e Média/Grande Empresa:
Micro e Pequena Empresa Média e Grande Empresa
Menor carga tributária Maior carga tributária
Produção não seriada Produçãoseriada (linha)
Informalidade Formalizações das operações
Ausência de dados e controles Existência de informações
Decisões centralizadas Decisões descentralizadas
Mão-de-obra não qualificada Mão-de-obra qualificada
Menores salários Maiores salários
Adequação aos clientes O cliente se adapta aos produtos
Versatilidade produto/venda/ramo Rigidez produto/venda/ramo
Custos unitários maioresEconomia em escala
Contato direto com o cliente Cadeia e terceiros ao cliente
Confusão indivíduo/família/empresa Impessoal
Administrada pelo empresário/proprietário Administradores profissionais
Fonte: Sebrae-Pr

2.3 Limitações Comuns à Micro e Pequena Empresa:

• Pequeno volume de vendas;
• Dependência de atacadistas e intermediários;
• Baixo volume de produção;
• Pouco tempo parapesquisa (preços e fornecedores);
• Pouco capital de giro disponível;
• Preços de venda mais elevados;
• Pouca economia de escala (custos de produtos);
• Baixo poder de negociação;
• Pouco poder de pressão

Representatividade das MPEs no Brasil

 4,5 milhões de estabelecimentos;
 48% da produção nacional;
 98,5% das empresas existentes no país;
 95% das empresas do setor industrial;
99,1% das empresas do setor de comércio;
 99% das empresas do setor de serviço;
 60% da oferta de emprego;
 42% do pessoal ocupado na indústria;
 80,2% dos empregos no comércio;
 63,5% da mão-de-obra do setor de serviços;
 21% do Produto Interno Bruto (ou R$ 189 bilhões).
Fonte: Sebrae

A GESTÃO DA MICRO E PEQUENA EMPRESA:

Leone (1999) considera que as pequenas empresas possuemproblemas diferentes em relação às empresas de grande porte. A autora indica a necessidade de uma gestão específica para as pequenas empresas fundada em quatro características comuns: a importância do papel do empreendedor, o papel do ambiente, a natureza da organização e a natureza das atividades.

As especificidades, isto é, as características próprias da pequena empresa, segundo Leone(1999),podem ser divididas em :

Especificidades Organizacionais Especificidades Decisionais Especificidades Individuais
Pobreza de recurso; Tomada de decisão intuitiva; Onipotência do proprietário-dirigente;
Gestão centralizadora; Horizonte temporal curto; Identidade entre pessoa física e jurídica;
Ausência de um planejamento formal de trabalho; Inexistência de dados quantitativos; Dependênciaperante certos funcionário;
Estrutura simples e leve; Alto grau de autonomia; Influência pessoal do proprietário-dirigente;
Estratégia intuitiva e pouco formalizada; Racionalidade econômica, política e familiar; Simbiose entre patrimônio social e pessoal;
Fraca especificação;
Sistema de informações simples.

Essas especificidades também refletem uma realidade diferente da vivenciadapelas grandes organizações e também podem contribuir para tornar a gestão dessas organizações permeada por algumas dificuldades, limitando assim o seu crescimento e desenvolvimento.
Existe uma série de fatores econômicos, financeiros, mercadológicos, de produção e gerenciais que atingem as empresas de pequeno porte. Muitas empresas têm dificuldade para atingir um bom padrão de desempenho,...
tracking img