Metodologia para estudo de caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1705 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
|[pic] |Atividade de Avaliação a Distância 2 – AD2 |

Disciplina: Metodologia para Estudo de Caso
Curso: Gestão de Segurança Pública
Professor:  Ana Waley Mendonça
Nome do aluno: Rafael Neves Chapetta

Atividade:

Escolha um tema de sua preferência e elabore um texto acadêmico para apresentá-lo.

Oobjetivo desta AD é capacitá-lo para elaborar futuramente as etapas iniciais de seu relatório de estudo de caso. Lembre-se que esta construção deve trazer um texto coeso e coerente que apresente a idéia central do seu tema de forma a convencer o leitor da sua relevância.

Este texto deverá ser construído com base nas orientações do livro didático (unidade 3 seção 4) para cada uma das partes queo compõe e seguirá a estrutura separando-o em 5 partes como mostraremos a seguir:

a. descrição do tema específico;

b. justificativa da escolha do tema;

c. problema que o pesquisador se propõe a resolver com a escolha deste tema;

d. contextualização teórica do tema;

e. referências

Lembre-se de utilizar pelo menos dois autores diferentes para fundamentarteoricamente o seu texto, citando a parte da obra e seus autores conforme as normas metodológicas.

A- DESCRIÇÃO DO TEMA ESPECÍFICO

Seguindo a proposta de Rousseau, no “Do Contrato Social”, como produzir no estudo da obra “O Príncipe”, de Maquiavel, os paradigmas que possibilitem a sociedade contemporânea prever e se antepor à ações políticas que, sob o prisma do combate a injustiçasocial, produzem mecanismos de dependência contínua das ações paternalistas que dissimulam a preservação do poder? Como transformar Maquiavel no paradigma da sociedade? Como fazer do “O Príncipe” o fundamento no combate ao uso político indevido dos projetos mantidos pelo Estado com dinheiro público?

B- JUSTIFICATIVA DA ESCOLHA DO TEMA;

Coletar informações estatísticas querevelem a aplicabilidade dos programas sociais no sentido de propiciar o estabelecimento do estudo da obra “O Príncipe” como paradigma a ser usado pela população e instituições em geral contra a utilização em proveito político, para se possível, ofertar a sociedade artifícios que lhe permita reconhecer as deformações na aplicação de recursos sociais e se prevenir do uso político indevido dosprojetos mantidos pelo governo.

C.PROBLEMA QUE O PESQUISADOR SE PROPÕE A RESOLVER COM A ESCOLHA DO TEMA;

É com esse objetivo que nos arremetemos a esta pesquisa, no sentido de investigar a ligação, sob observação do rigor científico, do conteúdo exposto no “O Príncipe” com a realidade nacional das últimas décadas, para deste ponto alcançarmos o estabelecimento do mesmoMaquiavel como paradigma do povo, de forma a possibilitar construir instrumentos que permitam empenhar a gestão dos programas sociais na direção da evolução social, sem a incorrência do instituto do paternalismo e da permanência da exclusão social no mesmo grupo assistido, buscando ainda contribuir com a construção de um prisma em cuja estrutura espelhar se possa vislumbrar a transparência dos recursosaplicados diante do objetivo proposto, e desta construção propiciar instrumentos estatísticos que possam prevenir no futuro, o ensejo de programas e instituições que apenas maquiam o interesse de permanência na elite do poder.
A relevância de um trabalho neste sentido é a de mapear, sob um espectro científico, as estruturas, razões e objetivos que podem ser capturados no desenvolvimentodos diversos programas sociais mantidos pelo governo, e nesta planificação, separar as conotações que afastam estes mesmos programas de suas finalidades principais, a fim de que os serviços prestados pelo Estado não se tornem fato de uso meramente político, e nem perpetuem a contínua dependência paternalista de determinados grupos sociais.

D- CONTEXTUALIZAÇÃO TEÓRICA DO TEMA...
tracking img