Metabolismo mineral do cloro em plantas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2874 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Metabolismo do cloro e sua relação com sinais de carência e toxidez









Ana Claudia Macedo







Botucatu

2012

No início do século XIX os estudos extensivos sobre a composição das plantas cultivadas em diferentes solos permitiram compreender que a presença e a concentração de um elemento mineral não poderiam ser critérios para a demonstração de sua essencialidadenas plantas (KERBAUY, 2004).

A planta poderia absorver elementos minerais nem sempre essenciais ao ciclo reprodutivo, possuindo uma capacidade de absorção seletiva limitada, tendo a capacidade de absorver elementos não essenciais e até mesmo tóxicos (KERBAUY, 2004).

Com isso, os elementos minerais essenciais para as plantas foram ao longo do tempo sendo determinados e também denominados denutrientes minerais atendendo a critérios de essencialidade como: a necessidade do elemento para a planta completar seu ciclo de vida, o elemento ter uma função específica e não poder ser substituído, além de estar envolvido diretamente no metabolismo da planta (TAIZ & ZEIGER, 2009).

Com o avanço dos estudos, os elementos foram divididos em duas classes sendo considerados macronutrientes,aqueles exigidos em maiores quantidades e micronutrientes aqueles exigidos em menor quantidade pelas plantas, e é na classe dos micronutrientes que encontra-se o elemento cloro (KERBAUY, 2004). O cloro foi o penúltimo elemento a ser considerado como essencial para a vida das plantas, cuja essencialidade foi demonstrada em tomateiro cultivado em solução nutritiva purificada (BROYER et al., 1954).

Ocloro é um nutriente excepcional, pois, embora seja classificado como um micronutriente, e geralmente seja requerido em concentrações muito baixas, está presente nos tecidos das plantas em concentrações muito maiores, semelhantes àquelas que seriam normalmente associadas com os macronutrientes. Isto reflete a larga distribuição do cloro por toda a natureza. De fato, quando Broyer et al. (1954)estavam demonstrando que o cloro era um elemento essencial para as plantas, foram necessárias medidas extremas para evitar contaminações (KIRKBY e RÖMHELD, 2007).

O cloro está amplamente distribuído na natureza e é rapidamente reciclado, não sendo adsorvido pelos minerais do solo, o que explica sua grande mobilidade (MENGEL e KIRKBY, 1987). Sendo assim, é facilmente perdido por lixiviação sobcondições de drenagem livre (ROCHA, 1995). Quando o pH está na sua faixa de neutralidade ou acima não se dá a adsorção do elemento nas partículas do solo o que determina a fácil lixiviação (MALAVOLTA, 2006).

XU et al. (2000) através de suas pesquisas apresentaram fontes e concentrações de cloro na natureza e apesar de alguns minerais do solo possuir o cloro, a contribuição para as plantas émuito pequena.

O elemento cloro pode ser encontrado em altas concentrações em solos que afetados pela maresia ou pela utilização na irrigação de água contendo esse elemento. Para cada 100kg ha-1 aplicados de KCl no solo, tem-se 60kg ha-1 de K e 40 kg ha-1 de Cl sendo com isso mais provável uma toxidez do cloro às plantas do que sua deficiência (FLOSS, 2006).

Para exercer suas funções nasplantas, de um modo geral, o cloro não é necessário mais do que 100g/kg de massa seca, por isso o elemento é considerado um micronutriente, entretanto, o tecido vegetal apresenta de 20 a 200 vezes mais a concentração do cloro necessária e ao contrário de outros nutrientes o cloro não se torna tóxico em concentrações relativamente altas (MALAVOLTA et al., 1997). Comparado com as altas concentraçõesde cloro nos tecidos da maioria das plantas, seu requerimento para o crescimento ótimo da maioria das plantas é muito mais baixo (100-200 mg kg-1) (KIRKBY e RÖMHELD, 2007).

O elemento cloro é encontrado nas plantas na forma de íon cloreto (Cl-) (TAIZ & ZIEGER, 2009). As plantas absorvem o Cl- da solução do solo mostrando o padrão duplo, isto é, a relação de concentração e velocidade de...
tracking img