Mercado financeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1: BREVE HISTÓRICO
A ideia da criação de caixas econômicas no Brasil data de 1830, quando surgiram essas organizações nos estados da Bahia, Pernambuco, Alagoas, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Destas, apenas a de Ouro Preto, no estado de Minas Gerais, conseguiu sobreviver por mais tempo. Vários fatores negativos concorreram para o aludido desaparecimento. Sua estrutura primitiva, a crisefinanceira de época e a tendência à criação de institutos que satisfizessem aos reclamos de grande parte da coletividade e não apenas a uma parte mínima, foram os argumentos mais proclamados para a concorrência do fato. Mesmo assim, esse primeiro fracasso não frustrou as autoridades daquele século, no que tange ao setor. Em 22 de agosto de 1860 a Lei dos Entraves deu início à criação da Caixa.
Foi criadaem 12 de janeiro de 1861 por Dom Pedro II com o nome Caixa Econômica e Monte de Socorro. Seu propósito era incentivar a poupança e conceder empréstimos sob penhor, com a garantia do governo imperial. Esta característica diferenciava a instituição de outras da época, que agiam no mercado sem dar segurança aos depositantes ou que cobravam juros excessivos dos devedores.
Deste modo, a Caixarapidamente passou a ser procurada pelas camadas sociais mais populares, incluindo os escravos, que podiam economizar para suas cartas de alforria. Assim, desde o início, a empresa estabeleceu seu foco no social. Porém os empréstimos sob penhor só foram possíveis no ano de 1934 quando o Presidente Getúlio Vargas ordenou que a mesma pudesse ser feita, aniquilando outras instituições particulares quecobravam juros altíssimos pelo mesmo serviço.
A Caixa Econômica Federal (CEF) é uma empresa pública do governo federal brasileiro. Conta em caráter excepcional com serviços bancários autorizados pelo Conselho Monetário Nacional.
A Caixa Econômica Federal (CEF) caracteriza-se por estar voltada ao financiamento habitacional e ao saneamento básico. A função da CEF é promover a melhoria contínua daqualidade de vida da população brasileira, intermediando recursos e negócios financeiros, atuando no fomento ao desenvolvimento urbano e nos segmentos de habitação, saneamento e infraestrutura, e na administração de fundos, programas e serviços de caráter social É, portanto, um instrumento governamental de financiamento social.
Atualmente, é o maior banco público da América Latina, focado também emgrandes operações comerciais, mas ainda assim não perdendo seu lado social, uma vez que é centralizadora de operações como o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), PIS (programa de Integração Social) e Habitação Popular (PAR - Programa de Arrendamento Residencial, Carta de Crédito, FGTS, entre outros).
É agente pagador também da Bolsa-Família, programa de complementação de renda doGoverno Federal e do Seguro-Desemprego. Atua ainda no financiamento de obras públicas, principalmente voltadas para o saneamento básico, destinando recursos a estados e municípios. A Caixa também faz a intermediação de verbas do Governo Federal destinadas ao setor público.
2: AGENTES SUPERAVITÁRIOS E DEFICITÁRIOS
Agentes econômicos superavitários: Os poupadores são os agentes econômicossuperavitários dispostos a transformar suas disponibilidades monetárias em ativos financeiros. São os criadores de fundos para o financiamento do crescimento econômico. Tratando-se da Caixa Econômica Federal os poupadores (caderneta de poupança, fundos de investimento, Títulos de capitalização), Fundo garantidor de tempo de serviço – FGTS, Administração de loterias, Fundo de Compensação de Variações Salariais- FCVS, o Programa de Integração Social - PIS, o Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Social - FAS e o Fundo de Desenvolvimento Social – FDS.
Os Agentes Deficitários: Os tomadores são os agentes econômicos deficitários, que demandam recursos e estão dispostos a financiar seu déficit a custo de mercado. São aqueles que, necessitando de dinheiro além de suas disponibilidades, dispõe-se a pagar por...
tracking img