Mente humana na etologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7711 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicologia: Teoria e Pesquisa Jan-Abr 2006, Vol. 22 n. 1, pp. 053-062

Razão, Emoção e Ação em Cena: A Mente Humana sob um Olhar Evolucionista
Angela Donato Oliva1 Universidade Federal do Rio de Janeiro Emma Otta Fernando Leite Ribeiro Vera Silvia Raad Bussab Universidade de São Paulo Fívia de Araujo Lopes Maria Emilia Yamamoto Universidade Federal do Rio Grande do Norte Maria Lucia Seidl deMoura Universidade do Estado do Rio de Janeiro
RESUMO – O conhecimento científico da mente humana tem avançado desde a fundação da Psicologia. Aspectos biológicos e culturais, psicológicos e neurológicos, emocionais e racionais foram privilegiados separadamente em diferentes épocas e perspectivas – a visão de mente foi por vezes focalizada e por vezes relegada à caixa preta da ciência psicológica.Contemporaneamente, assiste-se a buscas de integração entre mente e comportamento humanos. A mente é vista como objeto da ciência e produto da seleção natural na evolução da espécie do Homo sapiens sapiens. Este trabalho visa apresentar uma breve história das principais transformações na concepção da mente, e de modelos evolucionistas de mente que contemplem a razão, a emoção e as ações humanas.Busca-se integrar e discutir as evidências das pesquisas de diversas disciplinas (Antropologia, Etologia, Primatologia, Psicologia, etc) oferecendo uma compreensão evolucionista da mente humana, de sua filogênese e ontogênese. Comportamentos cooperativos e competitivos serão discutidos a partir dessas perspectivas. Palavras-chave: psicologia evolucionista; cognição; emoção; ação.

Reason, Emotionand Action in Scene: Human Mind from an Evolutionary Perspective
ABSTRACT – Biological and cultural aspects, psychological and neurological aspects, emotional and rational aspects were privileged separately in different times and perspectives - the vision of mind was sometimes focused and sometimes relegated to the black box of the psychological science. Presently, integration between mind andhuman behavior is sought. Mind is seen as an object of science and a product of the natural selection in the evolution of Homo sapiens. Our essay presents a brief history of the main transformations in the conception of mind and of evolutionary models of mind which contemplate reason, emotion and human actions. An effort is made to integrate and discuss the research evidence from various disciplines(anthropology, ethology, primatology, and psychology), offering an evolutionary comprehension of the human mind, of its phylogeny and ontogeny. Cooperative and competitive behavior are discussed within such framework. Key words: evolutionary psychology; cognition; emotion; action.

Estudar a mente: especulação ou possibilidade? A mente humana tem atraído a atenção de diversos pesquisadores naatualidade, mas a história da Psicologia mostra que nem sempre foi assim. A tentativa de W. Wundt de entender como a mente funciona sofreu críticas contundentes. Ele realizou experimentos, ao invés de especular filosoficamente sobre a mente, com o objetivo (para a Psicologia dos processos elementares) de investigar a experiência sensorial consciente, buscando fragmentá-la até seu elemento essencial eirredutível. O método que considerou viável cientificamente para executar essa tarefa foi o da introspecção.
1 Endereço: Rua Caçapava 59, ap. 201, Grajaú, Rio de Janeiro, RJ, Brasil 20541-350. E-mail: angeladonatoliva@uol.com.br

As reações à Psicologia de Wundt voltaram-se tanto ao método quanto ao objeto de estudo. Um dos resultados dessas reações foi o surgimento da perspectiva behaviorista,que passou a considerar não científico o estudo da mente, e elegeu como objeto da Psicologia o comportamento humano observável. Essa perspectiva, em suas diversas versões (E-R, E-O-R, behaviorismo radical, etc), dominou o cenário da Psicologia americana ou anglo-saxã até o final da década de 1940. A partir de então, foram surgindo críticas que mostravam limitações do behaviorismo na explicação do...
tracking img