Medicina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Farmacologia - aula 1 - Introdução - Júlia Koneski



• Droga: levado como pejorativo, mas na verdade é comum a todo tipo de remédio. Drogaria. Substância
que vai interagir com o organismo e produzir um efeito, sendo este bom ou ruim (benéfico ou maléfico).
Comportamento dual: bom e ruim.
• Fármaco: se o efeito da droga puder ser controlado. O caminho entre uma droga e um fármaco leva umlongo período. Substancia que vai interagir com o organismo para produzir benefício. Tem que tem uma
substancia química bem estudada e conhecida, deve ter um efeito desejado e benéfico, deve-se conhecer
suas posologias e usos.
• Tóxico: LCD por exemplo. Não se tem garantias das doses e se vai produzir um efeito benéfico e sempre
o mesmo, sendo ou não desejado. Qualquer substância, tanto algodesconhecido como uma planta
medicinal na qual a pessoa se confunda e acabe causando um efeito maléfico.
• Remédio: não é necessariamente uma substancia, pode ser qualquer coisa para favorecer o bem estar,
pode ser um carinho, uma atenção, uma boa noite de sono, uma boa balada.


Farmacologia - aula 2




Produção
• Etapas da produção de um farmaco: síntese a aprovação
- leva 10 anos paraesse processo de lançamento no mercado
- esse processo custa muito dinheiro
1) síntese da substância: em Mandaguari, onde temos 50 mil habitantes, em uma comunidade, começou a
usar uma planta que é boa para dor de barriga (dor abdominal), chamada de planta X. Um grupo de
pesquisadores foram lá para investigar para saber se há quantidade suficiente para fazer um isolamento
do princípio ativo etestar e ver suas propriedades analgésicas e plasmolíticas.
2) Testadas principalmente em tecidos: testes pre-clínicos: efeitos no corpo, funções, mecanismos de ação
e toxicidade. Primeiro testa-se em células, depois órgãos isolados e posteriormente em animais. Induz
dor abdominal em 10 ratinhos por exemplo, (captopril produzido a partir do veneno de cobra) produzindo
contorções abdominais eaí testa o extrato em doses pre-estabelecidas, e estabelecer qual é a dose
efetiva para esse tratamento
3) Testa em humanos: testes (ensaios) clínicos. Primeiro de faz em humanos saudáveis, e só depois em
humanos doentes. Se faz primeiramente em humanos saudáveis para administrar uma dose de um
medicamento potencial, sem expor a riscos, tem um grupo controle (não recebe nada) e um grupoexperimental. Se o paciente relata constipação, você imagina que ali diminui o peristaltismo, então tem
as ações queridas, e talvez, sim, possa ser usada, mas ainda há uma contra-indicação em pessoas que
já sofram de constipação. Ainda podem referir taquicardia, então pode ser usado em pessoas com
bradicardia ou parada cardíaca, e contra-indicada em casos de taquicardia. Obs: existem drogas que
sãousadas diretamente em doentes, pulando a fase dos sadios, já que por exemplo na AIDS, se tiver
malefícios será compensado pelo bem que faz. Pode-se perceber, que ajuda na broncodilatacao, então
pode ser usado também no tratamento de asma, então pode ser usado em uma outra pesquisa, com o
salbutamol (padrão ouro), a maconha, e um placebo, mas observamos que há um medicamento que
também ébroncodilatador, mas não apresenta efeitos psíquicos.
4) Lançado do mercado. Fase clinica 4. Quando. Droga começou a ser testada e foi lançada, temos
algumas garantias: testada em animais, apresenta poucos riscos. Mas por outro lado não temos tantas
garantias assim, pois ela foi lançada por no máximo 300 pacientes, então temos que ter noção ao
usarmos um medicamento novo. O laboratório tem 5 anospara retirar no mercado sem ônus, e em 10
anos, apenas ele pode fabricar e comercializar. O laboratório lança como medicamento de referência, e
depois de 10 anos, pode ser fabricado com outro nome fantasia (similar), ser manipulado (apenas a
substancia, sem ter um nome fantasia, é chamado pelo nome da substancia) e tentar lançar como
genérico, compra o sal, faz testes, bioequivalência....
tracking img