Medicina alternativa e ortodoxa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2335 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Medicina Alternativa e Ortodoxa

Docente:
Prof. Maria João Canavarro

Discentes:
Ana Carolina Lourenço Nº 21100062
Daniela Vidinha Nº 21100098
Renata Silva Nº 21100122

1. Resumo

Antigamente as doenças eram consideradas causas naturais, ligadas ao meio que vivemos.
Começou a ser utilizada a medicina alternativa, para combater a grande taxa de mortalidade, pois muitas pessoas nãotinham poses económicas para utilizar a medicina ortodoxa. Desde modo, a medicina alternativa era muito procurada, começado a ser usada pelos charlatões no séc.XVI. Esta está ligada a religiões e associada popularmente a culturas orientais.
Ao longo dos tempos, a medicina deu grandes saltos, e desenvolveu-se bastante. chegando à conclusão que a medicina alternativa e a medicina Ortodoxacomplementam-se.

Palavras-Chave
-------------------------------------------------
Charlatões; Culturas; Evolução; Medicina; Medicina Alternativa; Medicina Ortodoxa
-------------------------------------------------

Abstract
Previously the disease was considered natural causes related to the way we live.
He began to use alternative medicine to combat the high rate of mortality, becausemany people had no economic poses to use orthodox medicine. In this way, alternative medicine was much sought after, started to be used by charlatans in the XVI century.
This is related to religions and popularly associated with Eastern cultures.
Throughout the ages, medicine has made great leaps, and developed a lot. Coming to the conclusion that alternative medicine and orthodox medicine complementeach other.

Key words
Charlatans; Cultures; Evolution; Medicine; Alternative Medicine; Orthodox Medicine

2. Introdução

No âmbito da unidade curricular da disciplina História da Saúde e Cultura Contemporânea, foi-nos proposta a elaboração de um trabalho com o tema “ Medicina Alternativa e Ortodoxa”.
Para elaboração deste trabalho foi-nos dado como principal fonte, um artigo fornecidopela professora da unidade curricular, com o título “Unofficial and Unorthodox Medicine” da autoria de Margaret Pelling.
Este trabalho tem como objectivos demonstrar a evolução de medicina, as diferenças, vantagens e desvantagens da Medicina Alternativa e Ortodoxa. E ainda descrever algumas técnicas importantes da Medicina Alternativa.
Estabelecemos ao longo do trabalho, uma relação da realidadevivida na época citada nos artigos com a actualidade.

“Desde que o mundo é mundo, as pessoas vão aos “médicos” (curandeiras, pages, xamães,…) Para falar de suas ansiedades, suas dores e obter algum conforto, nem sempre a cura. Essas coisas ajudam um sujeito a sentir-se bem. “E ninguém discorda de facto de que se sentir bem é bom para a saúde”
Stephen Jay Gould

3. História e Evolução daMedicina Alternativa e Ortodoxa

Hipócrates (médico e filósofo), pai da medicina ocidental, repetia aos seus pacientes que “o homem é uma parte integral do cosmo e só a natureza pode tratar seus males”. Referindo com isso que, as causas das doenças eram naturais e lembrar que o equilíbrio e a saúde do corpo estão directamente ligados ao ambiente em que vivemos.

No séc. XVI, os “Quack”,conhecidos por charlatões, eram um grupo de indivíduos que utilizavam certos métodos “anormais” de curas, que não eram reconhecidas como medicinas ortodoxas.
Os Charlatões eram muitas vezes boticários, cirurgiões-barbeiros, ou meramente pessoas sem qualquer tipo de estudo e ciência, que tentavam extorquir dinheiro ou puros prazeres sexuais as pessoas que acreditavam na cura milagreira ou na limpeza docorpo e da mente.
Um exemplo é John Wilmot, que se disfarçou de “nobre Dr. Alexander Bendo”, um italiano charlatão, depois de ter sido desonrado no tribunal por excesso de indulgência em brincadeiras para com os seus amigos. Este disfarce servia para mostrar que conseguia ser uma pessoa seria e com objectivos. Ou seja, para as mulheres modestas Bendo oferecia assistência, visitando-as em casa...
tracking img