Marx, weber e durkheim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6429 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Marx, Weber e Durkheim sobre religião Jeramy Townsley (Jeramy TownsleyAug 2004 Agosto 2004) Marx, Weber and Durkheim together comprise the historical core of the sociological tradition.Marx, Weber e Durkheim juntos compõem o núcleo histórico da tradição sociológica. While they each come from very different perspectives and offer profound contributions to the field, they each have tried to addressproblems associated with the advent of modernity. Enquanto eles contam a partir de perspectivas muito diferentes e oferecem contribuições profundas para o campo, cada um tem tentado resolver os problemas associados com o advento da modernidade. One issue that has developed within the context of modernity is how religion factors into a society that increasingly is built on the foundations ofrationalism. Uma questão que tem sido desenvolvido no contexto da modernidade é como os fatores da religião em uma sociedade que cada vez é construída sobre as bases do racionalismo. Many intellectuals started asking questions about the origin of religion, since, as Laplace stated to Napoleon, they no longer had need for the God hypothesis. Muitos intelectuais começaram a fazer perguntas sobre a origemda religião, pois, como ele dizia a Napoleão, que já não havia necessidade de a hipótese de Deus. If, as they believed at the time, culture was moving to a place of mass non-belief, what did that mean for contemporary society which had many structures based around religion? Se, como se acreditava na época, a cultura estava se movendo para um lugar de massa não-crença, o que isso significa para asociedade contemporânea, que tinha muitas estruturas baseadas em torno da religião? Marx, the earliest of the three thinkers, actually wrote very little about religion. Marx, o mais antigo dos três pensadores, de fato escreveu muito pouco sobre religião. So while a “sociology of religion” would be difficult to pull from his writings, we aren't left with a complete absence of Marx's opinions on thesubject. Assim, enquanto uma "sociologia da religião" seria difícil para puxar a partir de seus escritos, não somos deixados com uma completa ausência de opiniões de Marx sobre o assunto. Much of Marx's direct statements on religion come in the first several paragraphs of his “Contribution to the Critique of Hegel's Philosophy of Right : Introduction.” Here we find Marx's classic statement onreligion, that “it is the opium of the people.” However, taking this as Marx's whole, or even representative perspective on religion would be to rip this statement from its context. Grande parte direta afirmações de Marx sobre a religião veio em vários primeiros parágrafos de sua "Contribuição à Crítica da Filosofia de Hegel do Direito:. Introdução "Aqui encontramos clássica afirmação de Marx sobre areligião, que é o ópio do povo. "Entretanto" , tendo este como um todo de Marx, ou mesmo representante perspectiva sobre a religião seria a declaração este rasgo de seu contexto. Marx begins the “Contribution to the Critique” with the bold opening line, “the criticism of religion has been largely completed; and the criticism of religion is the premise of all criticism.” One can interpret this toimply that Marx viewed the critique of religion to be the most foundational criticism in which philosophers can engage, if such criticism is the “premise of all criticism.” He restates the strength of this position shortly after with this statement: “The criticism of religion disillusions man so that he will think, act and fashion his reality as a man [sic] who has lost his illusions and regainedhis reason; so that he will revolve about himself as his own true sun.” Marx começa a "Contribuição para a Crítica" com a linha de abertura em negrito, "a crítica da religião foi praticamente concluída, e a crítica da religião é a premissa de toda crítica." Pode-se interpretar que isso implica que Marx via a crítica da que a religião seja a crítica mais fundamental em que os filósofos podem...
tracking img