Marvel entertainmente inc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5821 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CASO 15
Marvel Entertainmente Inc. - Resgate do Iron Man
POW! BAM! ZAP! Em 2008, o homem da MARVEL altera todo o Universo. Depois de 70 anos de luta feroz, o Homem da MARVEL domina as edições com ocasionais furtos pelo Nemesis (deusa da vingança) Homem da DC ou alguns rivais insignificantes domésticos ou estrangeiros. Sem a necessidade de lutar nas diversas fronteiras para proteger os seusformidáveis activos de serem explorados, MARVEL Man podia partilhar as suas super forças através de acordos de “licenças” lucrativos com outros heróis confiáveis de grandes nomes que entendiam as entradas e saídas dos seus mundos competitivos. O MARVEL Man cresceu e deixou os outros brinquedos atrás. As novas escaramuças eram lutas online e no grande écran. Que surpresas aguardavam o MARVEL Manneste novo mundo dos “media”. Quais os vilãos de Hollywood poderiam falhar primeiro – os escritores ou os actores. Como é que o MARVEL man poderia continuar fresco e relevante nestes tempos de alterações. Que força super-humana será necessária para triunfar sobre os sinistros ladrões de propriedades intelectuais. Que plano infame a imprevisível Wall street Woman inventará e este envolverá a batalhacontra um urso ou um touro? Continuem alerta flores leais, e bem-vindos a um novo dia de marca!
História
Hoje a MARVEL Entertainnment Inc traça a sua longa e complicada história regressando a uma companhia pequena de livros aos quadradinhos. Martin Goodman era o dono da Comics em 1930. Um Editor de Nova Iorque de revistas populares, a selecção de Goodman recaía em histórias sobre detectives,ficção científica, westerns, crimes e horror. Seguindo de perto os calcanhares dos rivais da DC Comics que tinham acabado de introduzir Superman and Batman, Timely Comics produziu a sua primeira MARVEL Comics séries em 1939, apresentando o Human Torch na Namor o sub-marinheiro. A edição vendeu bem e solidificou o interesse de Goodman no género super-herói. Mais tarde em 1940 apareceu o primeiro livroaos quadradinhos do Capitão América que foi um sucesso instantâneo batendo a emergente linha Nazi. Por $.10 uma edição, a comics book disponibilizou uma distracção num pacote de acção que a geração da era de depressão precisava. Stanley Leiber, mais conhecido como Stan Lee, começou a trabalhar como assistente em 1940 na companhia do seu primo Goodman. Lee mais tarde tornou-se sinónimo comMARVEL Comics como editor, gestor e porta-voz. A empresa do Goodman cresceu rapidamente entre os anos 1930 e 40 durante a época de ouro (Golden Age) dos livros aos quadradinhos. No início dos anos 50, Goodman criou a Atlas new Company, que ele configurou como o seu sistema de distribuição nacional. A Timely Comics foi renomeada para Atlas New Company em 1951. Nos anos 50 toda a indústria de livros aosquadradinhos abrandou, não só pela popularidade da televisão mas também pela recente criação do conselho de censura, o Comics Code Authority, cujo selo especial de aprovação garantia um conteúdo inofensivo e brando. As operações de distribuição na Atlas News Company foram suspensas em 1956, forçando a Atlas Publising a um acordo com a sua concorrente DC Comics para limitar as publicações dasséries mensalmente.
Nos anos 1960 reemergiram os super-heróis pela geração baby boomer agora nas faculdades e nos campos universitários. Foi em 1962 que o Stan Lee co-criador da figura mais reconhecida da MARVEL, Spider_Man. Nos anos seguintes com o lançamento dos Fantastic Four, o Incrível Hulk, os Avengers, e o X-Man, a empresa agora publicando com o nome MARVEL Comics Group, começou a comercializaros seus produtos e a iniciar-se no seu super-heroi show na cadeia televisiva ABC.
Embora a empresa continuasse a reportar fortes vendas, os proveitos baixaram devido à consolidação dos pontos de distribuição. A crescente popularidades das cadeias de supermercados, que não comercializavam livros aos quadradinhos prejudicou muitos editores de livros aos quadradinhos que tinham confiado em...
tracking img