Marketing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3183 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO



JOÃO LUCAS GRUNWALD CASTILHO GONÇALVES






As Vantagens da utilização de embalagens produzidas
a partir de papel cartão








BAURU
2011
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO – TEMA E PROBLEMATIZAÇÃO 02
1.2 JUSTIFICATIVA 03
1.3 OBJETIVOS 04
1.3.1 GERAL 5
1.3.2 ESPECÍFICOS 5

1.4 METODOLOGIA 05
2 MÉTODOS DE FABRICAÇÃO DE PAPEL 06
3MÉTODOS DE CRIAÇÃO DE UMA EMBALAGEM EM PAPEL CARTAO............... 07
4 MÉTODOS DE FABRICAÇÃO DE UMA EMBALAGEM EM PAPEL CARTÃO........ 09
5 GENERALIDADES NA UTILIZAÇÃO DAS EMBALAGENS EM PAPEL-CARTÃO....10























1 Introdução – Tema e problematização

Cada dia mais, torna-se imprescindível a preocupação do homem com uma questão que já algum tempo incomodaos seus projetos, a relação entre o que ele pretende ganhar e o impacto que as suas ações terão no meio ambiente, este impacto será traduzido em um custo cuja fatura fatalmente lhe será cobrada, se não dele das gerações futuras.
Portanto a grande questão que se coloca é:

Como produzir, utilizar e reaproveitar as embalagens utilizadas em uma cadeia produtiva de forma a minimizar os impactosque seu descarte provoca no meio ambiente?

A esta relação entre ganhos e conseqüências ambientais, hoje tratamos de sustentabilidade e sua abrangência já rompeu o limite das conferencias de ecologistas, das reuniões do “eco-chatos” e já se posicionou como condição básica para acesso às linhas de crédito internacionais que irão alavancar estes investimentos. “sustentabilidade”, portanto temhoje no mercado o mesmo impacto, ou talvez que “taxa de retorno”, “lucros”, “dividendos” “controle acionário” e outros temas que antes tinham preponderância numa análise econômico-financeira.
A condição humana de suprir suas necessidades básicas de alimentação, abrigo, saúde e sua vocação inabalável para buscar a prosperidade, fizeram do homem um algoz destruidor do seu próprio ambiente, e nesteséculo temos sofrido sobremaneira as conseqüências desta destruição, de uma forma nunca vista, onde cataclismas se superpõe a cada dia indicando ao homem a sua fragilidade diante da natureza que ele ainda teima em querer domar.
O consumo é uma característica desta nossa sociedade e é peça fundamental na cadeia econômica. Este consumo se traduz em produtos que consomem recursos para seremfabricados, transportados, armazenados , distribuídos, e após consumidos geram resíduos que devem ser separados, recolhidos, destinados e de preferência re-aproveitados , numa cadeia ideal de reciclabilidade.
Trataremos aqui neste trabalho da questão das embalagens, em especial das embalagens produzidas a partir de recursos renováveis (papel-cartão e papelão ondulado), sua cadeia de custódia, e seusatributos “cosméticos” que a tornam um agente promotor da venda do produto que a contém.


1.2 Justificativa

Desde que o homem estabeleceu uma política mercantilista, sustentada por um modelo capitalista surgiram a concorrência, o marketing e a mídia.
Uma é conseqüência direta da outra, e é fato que temos invariavelmente pelo menos duas opções de qualquer produto ou serviço que desejamos ounecessitamos adquirir.
A escolha por um deles se dá de forma as vezes introspectiva, mas na maioria dos casos a escolha pode ser e é “trabalhada” através de uma campanha de marketing onde se procura explorar e deixar “claro” aos olhos ( ouvidos, paladar, tato ) do interlocutor que o produto ou serviço “A” é muito melhor que aquele oferecido pelo “B”.
Este “deixar claro” envolve sempre campanhasna mídia, divulgação, inserções em programas de Tv, rádio, apresentação de publicidade em revistas, out-doors, etc, e também na forma como o produto se apresenta, e ai a embalagem toma uma dimensão enorme neste importante agente de escolha.
A embalagem não é só o meio de contenção do produto, mas sua linguagem de comunicação com o mundo.
Uma criança mesmo ainda não alfabetizada reconhece...
tracking img