Marketing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 50 (12359 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ECONOMIA E MERCADO

Unidade II
3 DEMANDA, OFERTA, EQUILÍBRIO DE MERCADO, TEORIA DA PRODUÇÃO E TEORIA DOS CUSTOS Como vimos no módulo I, a microeconomia ou teoria dos preços analisa como consumidores e empresas interagem no mercado, e como essa interação determina o preço e a quantidade de um bem específico. 28

A microeconomia preocupa-se, então, com a formação dos preços de bens e serviços e defatores de produção em mercados específicos, por meio do estudo do funcionamento da oferta e da demanda na formação do preço no mercado – da interação entre consumidores e produtores obtém-se preços e quantidades produzidas num dado mercado.
Lembrete Microeconomia é o ramo da economia que estuda o comportamento de cada “molécula econômica” do sistema, por meio de preços e quantidades relativas.Para exemplificar, pode-se citar a análise do funcionamento de empresas.

Saiba mais Para aprofundamento do assunto, solicita-se a leitura do livro indicado a seguir: WESSELS, W. Microeconomia: teoria e aplicações. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2010. Para analisar o comportamento da demanda e da oferta, partiremos de alguns pressupostos básicos estabelecidos pela microeconomia.

28

Disponível em:.

35

Unidade II

Lembrete

Coeteris paribus (tudo o mais permanece constante): essa forma auxilia na análise microeconômica, pois poderemos manter uma variável congelada no tempo e no espaço enquanto trabalhamos as demais.
Primeiro, para analisar um mercado específico, a microeconomia parte da hipótese coeteris paribus (tudo o mais permanececonstante). Ao adotar essa hipótese, pode-se estudar um mercado específico selecionando apenas as variáveis, cuja influência sobre consumidores e produtores desejamos analisar nesse mercado, independentemente da influência de outros fatores ou de outros mercados. Por exemplo: se queremos avaliar o efeito do preço sobre a demanda, supomos a renda constante (mesmo sabendo que a renda também afeta ademanda de um bem), e se queremos analisar o efeito da renda sobre a demanda, considera-se o preço constante (coeteris paribus). Outra hipótese importante é aquela que supõe que os indivíduos atuam como agentes econômicos e são guiados pelo princípio da racionalidade.
Segundo esse princípio, empresários estão sempre em busca de maximizar lucros condicionados pelos custos de produção, consumidoresprocuram maximizar sua utilidade, trabalhadores procuram maximizar seu lazer e assim por diante.29

Logo, os consumidores são aqueles que se dirigem ao mercado para obter um conjunto de bens e serviços com o objetivo de maximizar sua satisfação (utilidade). A firma corresponde à combinação organizada feita pelo empresário de fatores de produção (capital, trabalho, recursos naturais e tecnologia) paraproduzir o máximo possível ao menor custo. Busca-se a maximização da produção e a minimização de custos nas empresas. Uma empresa escolhe o que e quanto produzir em função dos preços e das preferências dos consumidores, já que o empresário produz um bem para vender no mercado. A teoria microeconômica procura, portanto, explicar como se determinam os preços dos bens e serviços e dos fatores deprodução, procurando responder a questões como: por que quando o preço de uma mercadoria aumenta, a sua procura deverá cair, consideradas as demais variáveis constantes? O livre jogo da oferta e demanda é o elemento fundamental para o funcionamento da economia de mercado, pois é da interação entre consumidores e produtores que obtemos preços e quantidades de equilíbrio. Portanto, faz-se necessárioanalisar os mecanismos de demanda e oferta de bens e serviços individuais em um mercado competitivo, com um grande número de produtores e consumidores, para compreender como são então estabelecidos os preços dos produtos e as quantidades produzidas.
29

Disponível em: .

36

ECONOMIA E MERCADO
3.1 A demanda

As mercadorias são demandadas...
tracking img