Maria da gloria seber - o dialogo com a criança e o desenvolvimento do raciocínio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A VIDA ESCOLÁSTICA


A infância desenvolveu dois sentimentos: o de paparicação nos primeiros anos da criança e a tomada de consciência da inocência e fraqueza da infância. Esses sentimentos foram limitados a legistas, padres ou moralistas por algum tempo onde a população via as crianças como um ser que servia para se distraírem, com nenhuma preocupação moral ou educativa. Quando as criançasalcançavam cinco ou sete anos de idade elas eram agregadas aos adultos, o que tornava a infância uma fase muito curta, mas alguns moralistas e educadores conseguiram mostrar a importância de uma infância longa graça ao sucesso de suas instituições de ensino e as práticas de educação que orientaram e disciplinaram.
A infância foi prolongada e acrescentou uma etapa intermediária que se dá entre ainfância e vida adulta: a adolescência, que foi nomeada como a etapa da escola. Durante muito tempo o colégio era um lugar onde viviam os estudantes bolsistas e não tinha nenhuma intenção de ser um local de ensino, mas com o passar do tempo, a partir do século XV, os colégios viraram instituições de ensino, onde uma numerosa parcela da população seguia uma hierarquia de autoridade e de ensino. Desdeentão, as salas de aula começaram a ser dividida por idades, o que não surgiu por um ato de necessidade, já que o objetivo essencial não era atender a educação da infância. A escola medieval não era destinada a infância, era uma espécie de curso técnico destinado à instrução dos clérigos. Porém, mesmo com essa distinção ela acolhia da mesma forma e indiferentemente as outras faixas etárias.
Aseparação de classes separadas e regulares foi tardia, ia se para a escola quando se podia o que não dependia da escola, podia se ir ou muito cedo ou muito tarde. Essa indiferença pela formação infantil não foi apenas dos conservadores retrógrados, os humanistas do Renascimento, os escolásticos tradicionais e os pedagogos da Idade Média confundiam educação com cultura, deixando de lado a importânciada formação da juventude e da infância. Os reformadores escolásticos que inovaram o campo, vemos surgir a particularidade infantil, o conhecimento da psicologia infantil e a preocupação de um método apropriado a essa psicologia. O colégio Ancien Régime demorou muito para ser reconhecido com uma instituição reservada apenas para crianças, mas nem toda a população passava por esse colégio ou atémesmo por pequenas escolas, o hábito de uma infância curta ainda prevalecia em parte da população.
Muitos jovens nobres preferiam ir para o exército a frequentar as escolas, o que aumentou o numero de soldados jovens. A entrada no exército se tornava muito precoce. Apenas após um período, no século XVIII, diminuiu o número de oficiais, já que teriam que ter uma formação escolar para ocupar o cargo.No século XVII, o ensino era monopolizado pelos homens as mulheres ainda não tinham o direito de frequentar escolas, eram excluídas e isso deixou os hábitos de precocidade e de infância inalterados desde a Idade Média. As meninas eram treinadas para serem donas de casa sem um nível de escolaridade mínimo, algumas sabiam ler e escrever, mas era muito pouco. Depois de um tempo as meninas eramcolocadas em conventos que não eram destinados a educação, onde recebiam apenas instruções religiosas. No fim do século XVII, o Saint-Cyr de Mm de Maintenon passou a fornecer um ensino para meninas que ingressariam aos 7 ou 12 anos e saíam em torno dos 20 anos de idade.
Com início no século XV e com ênfase nos séculos XVI e XVII o colégio passou a dedicar-se a educação e formação da juventude. Com issodescobriu-se a necessidade da utilização da disciplina que teve origem na disciplina eclesiástica que era utilizada menos como instrumento de repressão do que aperfeiçoamento moral e espiritual. Os mestres utilizavam cada vez mais de uma disciplina rigorosa e efetiva, onde tinham até que monitorar os seus alunos. Com o passar do tempo os pais puderam perceber a importância de uma educação...
tracking img