Mar de aral e o rio são francisco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1892 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Alagoas
Campus Marechal

Mar de Aral e o Rio São Francisco

Marechal Deodoro
2012
Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Alagoas
Campus Marechal

Mar de Aral e o Rio São Francisco

Trabalho para a disciplina de Noções deSaúde e Saneamento, requisitado pela
Professora: Vanessa. 4º ano “B” do curso
de Meio Ambiente

Marechal Deodoro
2012
Índice

Introdução___________________________________________________________04
Mar deAral__________________________________________________________05
Rio São Francisco_____________________________________________________06
A Rio Relação entre o Mar de Aral e o Rio São Francisco_______________________08
Conclusão____________________________________________________________09
Anexo_______________________________________________________________10
ReferênciasBibliográficas________________________________________________17


Introdução

O Mar de Aral corresponde a um imenso lago constituído de água salgada que se encontra no centro do continente asiático, esse é considerado um mar interior que se estabelece entre o Cazaquistão (norte) e o Uzbequistão (sul). Até 1960 ocupava uma área de 68 mil quilômetros quadrados, extensão essa que o colocava como o quarto maior lago do mundo.
O Rio SãoFrancisco nasce no Estado de Minas Gerais, na Serra da Canastra; sua nascente está situada a uma altitude de 1.200 metros. Em sua extensão, corta o Estado da Bahia, ao norte do território baiano o rio serve de fronteira natural com Pernambuco, além de estabelecer limites entre os territórios de Sergipe e Alagoas. O rio, em seu percurso, corta áreas influenciadas por diferentes climas, vegetaçõese relevos, sendo utilizado com fonte hídrica para a geração de energia em cinco usinas hidrelétricas.
















04
Mar de Aral

O Mar de Aral é testemunho de uma grande catástrofe ambiental, em menos de trinta anos perdeu tamanho de forma considerável causado pela ação antrópica, maisespecificamente pelo desvio de parte de suas águas que foram destinadas à irrigação. O ponto de partida para a destruição do Mar de Aral ocorreu a partir da implantação do governo da ex-União Soviética, do cultivo de extensas áreas de algodão, com aplicação de agrotóxico e substâncias para desfolhar as plantas. O uso desenfreado de insumos agrícolas (fertilizantes, herbicidas, inseticidas entre outros)promoveu um elevado volume de mortalidade infantil proveniente de doenças que foram passadas de forma hereditária, sem contar a perda de vidas selvagens, como peixes e outros animais.
A culpa desse desastre ambiental é 100% humana. O mar começou a secar após o desvio dos rios Amu e Syr (Sirdaria e Amudaria) para irrigar essas lavouras da União Soviética (URSS), nos anos 1960. Apenas 15 anos após odesvio, o nível de água já havia caído tanto que o mar se dividira em dois. Como não era mais irrigado por rios, ele também se tornou supersaturado e, pior, a água que resta acabou ficando extremamente poluída pelos agrotóxicos que escorriam das lavouras.
Atualmente, o Mar de Aral conta com aproximadamente metade de seu volume original, ao passo que o percentual de salinidade obteve uma grandeelevação em seus níveis, reduzindo de forma significativa à quantidade de vida silvestre (fauna e flora). As 178 espécies de animais diminuíram drasticamente para 38, além disso, a atividade pesqueira que produzia cerca de 25.000 toneladas anuais atualmente não existe mais, por causa da grande intensidade de sal que não favorece o povoamento de peixes. Infelizmente, especialistas consideram que é...
tracking img