Manifesto contra o aborto sem apelos religiosos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (527 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Não é necessário fazer apelo a princípios religiosos para repudiar tanto a prática como a descriminalização do aborto.
Podemos dizer que um feto é uma pessoa e, por isso, tem o mesmo direito àvida que as pessoas já existentes?
Pode-se defender que o feto tem direito à vida, uma vez que, embora não seja considerado por muitos uma pessoa, é uma pessoa em potencial. Todas as pessoasinocentes têm direito à vida. Os fetos são pessoas potenciais. Ter potencialmente um direito implica tê-lo de fato. Logo, os fetos têm direito à vida.
O feto é um ser humano inocente. Matar umser humano inocente é moralmente errado. Logo, matar um feto humano é moralmente errado.
Um ser humano adulto possui direito à vida. Matar um homem adulto é, em princípio, moralmente erradoporque priva a pessoa de um futuro. Um indivíduo ter futuro implica um conjunto de experiências e conquistas pessoais que viveu ou que virá a viver mais tarde. Perfeitamente compreensível. Ter umfuturo é estar na posse de algo que ainda não se concretizou (como ser uma pessoa em potencial), e é algo que o feto já tem em qualquer estágio do seu desenvolvimento. Se um indivíduo tem um futurocom valor possui o direito à vida. O feto tem um futuro com valor e o aborto provoca a morte do feto. Logo, o aborto é moralmente errado.
O mesmo pode se aplicar sobre a questão dos embriões emgeral. Dizer que uma criança não "terá futuro" em determinado lar ou sociedade é uma afirmação precipitada.
Quando se defende a descriminalização com o argumento da liberdade individual feminina, umapergunta deve ser feita: de que liberdade se fala?
Em primeiro lugar, como já foi dito, há o direito à vida do embrião. A liberdade da mulher em ter ou não um filho deveria se sobrepor ao "direitode nascer" do feto em seu ventre?
É errado dizer que o bebê faz parte do corpo da mulher, e assim ela poderia fazer o que quiser. Eles não têm o mesmo DNA nem o mesmo sangue.
Em segundo...
tracking img