Mamoplastia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1857 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


Várias técnicas foram desenvolvidas ao longo dos anos, para encontrar uma técnica cirúrgica ideal, que proporcione além da redução, um aspecto agradável das mamas, com cicatrizes reduzidas e discretas. Precursora das mamoplastias atuais, Lexer em 1912, idealizou a técnica de ressecção em fuso do pólo inferior da mama, além da transposição do complexo areolo-mamilar.Schwarzmann em 1930 descreveu a desepitelização periareolar a fim de preservar a vascularização e sensibilidade do complexo areolo-mamilar. Em 1957, Ariê publica técnica onde corrige hipertrofia e ptose mamária evitando grandes descolamentos entre pele e glândula, com desepitelização periareolar e ressecção infra-areolar em forma de cunha. Em 1961, Pitanguy apresenta técnica com excisão dermogordurosa eglandular infra- areolar após desepitelização periareolar, sem descolamento pele-glândula, realizando marcação cutânea prévia com pontos fixos individualmente para cada mama, facilitando assim a obtenção de simetria entre ambas.

Os seios são mediadores diretos na auto-estima feminina. Esteticamente falando, a dificuldade de se vestir adequadamente, de exercitar atividades físicas e deaceitar a própria imagem, acabam agravando o convívio social, que é tão importante para a felicidade humana.

Grande parte das mulheres que possuem mamas muito volumosas e pesadas apresenta complicações físicas, como dores nas costas e pescoço, má postura e desconforto e irritação nos ombros, causados por alça de sutiã. Pode haver alteração do sono e comprometer certas atividades, assim comomaior chance de desenvolvimento de lesões, como irritações cutâneas e infecções por cândida ou outros fungos nas dobras abaixo das mamas.

Felizmente, a cirurgia conhecida como mamoplastia de redução, proporciona bons resultados com melhora e alivio a todos estes problemas. A redução remove tecido mamário e pele em excesso proporcionando aparência mais saudável e tamanho mais confortável,dando nova forma às mamas, tornando-as mais firmes e elevadas, em posição mais jovem. Outro beneficio é a simetria entre mamas eventualmente desiguais. Geralmente é administrada a anestesia geral e raramente anestesia local com sedação ou peridural. Segundo estudos, a auto-estima parece ser elemento decisivo na busca pela cirurgia e que a mamoplastia redutora parece ter um impacto positivo na vidadas pacientes, que apresentaram melhora na qualidade de vida e da auto- estima após cirurgia. (4)


















































MAMOPLASTIA

De acordo Boundy et al (2004) a mamoplastia tem a finalidade de remodelagem das mamas, seja para reduzir, aumentar ou reconstruir. A mamoplastia redutora diminui o tamanhodas mamas e remove o excesso de pele e tecidos subcutâneos. A mamoplastia de aumento pode ampliar ou aumentar o tamanho e a forma da mama. A reconstrução é usada para reconstituir a mama depois de uma cirurgia de câncer, trauma, infecção, defeito congênito como afirma Ferreira (2000).

Anatomia das mamas

Existente em homens (rudimentares) e mulheres. As mamas são estruturas complexasconstituídas por tecido glandular (onde é produzido o leite) rodeado de gordura e tecido de sustentação. As unidades básicas de tecido glandular são os alvéolos, cujas células produzem o leite, e que se agrupam em 8 a 20 lóbulos. Os alvéolos são rodeados por tecido mioepitelial (pequenos músculos) que ao contraírem-se ejectam o leite nos ductos que o transportam até ao mamilo. A pele que cobre a mamamodifica-se no centro para formar o mamilo onde os ductos terminam em pequenos orifícios. Em volta do mamilo existe uma parte da pele mais escura (aréola) onde se situam as glândulas de Montgomery (pequenas glândulas sebáceas) que produzem um líquido oleoso que mantém os mamilos suaves e limpos.

As mamas estendem-se entre a segunda e a sexta costela e do esterno a linha média axilar,...
tracking img