Madeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8425 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice

1.0 Características Gerais 2
2.0 Ocupação do Solo 3
3.0 Saúde 5
4.0 Disponibilidade Hídrica 6
5.0 Usos e Demandas Hídricas 10
6.0 Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário 14
7.0 Resíduos Sólidos 15
8.0 Legislações 16
9.0 Comitê Da Bacia Hidrográfica Do Rio Paraíba Do Sul - Ceivap 17
10.0 PanoramaSócio-Institucional De Gestão 18
11.0 Bibliografia 19

1.0 CARACTERÍSTICAS GERAIS
Formado pela confluência dos rios Paraitinga e Paraibuna, o rio Paraíba do Sul nasce na Serra da Bocaina, no Estado de São Paulo, fazendo um percurso total de 1.120Km, até a foz em Atafona, no Norte Fluminense. A bacia do rio Paraíba do Sul estende-se por uma das regiões mais habitadas eindustrializadas do Brasil, abrangendo o Vale do Paraíba Paulista (13.500 km2), a Zona da Mata Mineira (20.900 km2) e quase metade do estado do Rio de Janeiro (21.000 km2).
A bacia situa-se em uma região de relevo muito acidentado, com altitudes de mais de 2.000 m nos pontos mais elevados, onde se destaca o Pico das Agulhas Negras com 2.787 m acima do nível do mar, situado no Maciço do Itatiaia. E éconsiderada, em superfície, uma das três maiores bacias hidrográficas secundárias do Brasil, abrangendo uma área aproximada de 57.000km²
No Estado do Rio de Janeiro, o rio Paraíba percorre 37 municípios, numa extensão de 500 km, praticamente quase a metade do território do Estado. Sua importância estratégica para a população fluminense pode ser avaliada pelo fato de que o rio Paraíba do Sul é a únicafonte de abastecimento de água para mais de 12 milhões de pessoas, incluindo 85% dos habitantes da Região Metropolitana, localizada fora da bacia, seja por meio de captação direta para as localidades ribeirinhas, seja por meio do rio Guandu, que recebe o desvio das águas do rio Paraíba para aproveitamento hidrelétrico. Nesta bacia, está localizado o sistema hidroenergético de Furnas CentraisElétricas, representado pelo reservatório de Funil e da empresa Light, constituído por cinco reservatórios: Santa Cecília, Vigários, Santana, Tocos e Lajes.
É limitada ao Norte pelas bacias dos rios Grande e Doce e pelas serras da Mantiqueira, Caparaó e Santo Eduardo. À Nordeste, a bacia do rio Itabapoana estabelece o limite da bacia. Ao Sul, o limite é formado pela Serra dos Órgãos e pelos trechospaulista e fluminense da Serra do Mar. A Oeste, pela bacia do rio Tietê, da qual é separada por meio de diversas ramificações dos maciços da Serra do Mar e da Serra da Mantiqueira.
O rio Paraíba do Sul é formado pela união dos rios Paraibuna e Paraitinga, e o seu comprimento, calculado a partir da nascente do Paraitinga, é de mais de 1.100 km. Os principais formadores da margem esquerda são:•Paraibuna - desenvolve seu curso, numa extensão de 180 km, em território mineiro; entre seus afluentes merecem destaque os rios do Peixe e Preto. O Paraibuna banha a cidade de Juiz de Fora;
•Pomba - rio com 300 km de curso; sua foz está próxima à Itaocara, limite entre os trechos médio e baixo Paraíba;
•Muriaé - rio com 250 km de extensão; o curso inferior, em território fluminense, apresentacaracterísticas de rio de planície.
Os principais afluentes da margem direita são:
•Piraí - é um rio cujas características hidráulicas e sedimentológicas encontram-se bastante modificadas, uma vez que possuem dois barramentos, Tocos e Santana, em seu curso e um barramento no Vigário, afluente pela margem direita;
•Piabanha - com 80 km de extensão, banha os municípios de Petrópolis, Areal eTrês Rios. Seu principal afluente é o rio Paquequer, de 75 km de curso, que banha Teresópolis e São José do Vale do Rio Preto;
•Dois Rios - formado pela confluência dos rios Negro e Grande.
Além dos importantes afluentes acima relacionados constam, atualmente, do cadastro GESTIN (Cadastro de Usuários de Água da Bacia do Paraíba do Sul), da ANA (Agência Nacional de Águas), outros 86 cursos...
tracking img