Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1802 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA- UNIDERP
GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL
2º SEMESTRE

DESAFIO DE APRENDIZAGEM – FUNDAMENTOS HISTÓRICOS TEÓRICOS METODOLÓGICOS DO SERVIÇO SOCIAL

Tutor à Distância: Lindolfo Anderson Marte
Tutor Presencial: Elaine Sarmento

Acadêmicos: RA:Andrizia Bispo Souza 2611370961
Danielle Patrício da Silva 3348575105
Josnei de Lima 2336446734
Leoni do Nascimento 2307337773
Márcia Silvane Figueiredo 3344565781

Polo- Joinville - SCSetembro de 2011

1-Surgimento e Influências do Serviço Social na América Latina.

O Serviço Social surgiu como forma mediadora nas questões sociais decorrentes da evolução industrial, do sistema capitalista, na década de 20 o continente latino-americano estava em plena ascensão das novas classes (Burguesia, Proletariado) as demandas cresciam na medida em que o tempo passava então ostrabalhadores que estavam a mercê das políticas públicas eram como marionetes na mão do governo que mantinha o controle das forças produtivas; tiveram que se organizar fazendo pressão e assim o sistema capitalista balançar, apresentaram um novo projeto para organização da sociedade baseado no modelo russo, de 1917.
Já no Brasil iniciou por volta de 1936, quando o processo de industrialização intensa eurbanização no país, como parte das estratégias da burguesia para atender às demandas da questão social, via execução direta das políticas sociais. A falta da profissão está relacionada à articulação dos poderes dominantes à época, com o objetivo de controlar as insatisfações e pauperismo populares, advindos da relação capital x trabalho.
As repressões e Concessões, fizeram com que do Estadopercebesse que precisavam construir alternativas para lidar com a nova realidade social. O estado concordava com a aprovação de uma Legislação Trabalhista, resultado das lutas dos trabalhadores desde os primórdios do processo de industrialização, claro que visando interesses da burguesia, pois os mesmos não poderiam ser prejudicados de forma alguma.
Com a construção de estradas (estradas de ferro erodagem), construção de portos, barateamento das energias necessárias ao movimento das indústrias, eram medidas para controlar as massa e mascarar a realidade social, pois no mesmo tempo traziam estragos a sociedade, os trabalhadores se viam obrigados a trabalhar em uma jornada de trabalho desumana, morar em condições precárias estando expostos a epidemias, esgotamento físico.
Com a exportaçãode Salitre no Chile, no final do séc. XX este país dependia economicamente da Inglaterra que ficava com a metade das receitas da extração de nitrato que o Chile produzia.
Logo a modernidade foi chegando, o nitrato foi sendo produzido em laboratório a partir da fixação do Nitrogênio, as exportações chilenas despencaram, e junto com elas uma desestruturação econômica. As consequências Sociaissurgiram com o desemprego, miséria, epidemias, migrações, devido ao fechamento das usinas.
Eis que surge neste contexto, a primeira escola de Serviço Social, no Chile fundada por um médico, Alejandro Del Rio, ninguém melhor para dar início a este trabalho, tendo em vista como profissional que atendia a classe operária, seus familiares e conhecia muito bem os problemas que o sistema capitalistaacumulava na vida da classe menos favorecida.
As influências européias, não são exclusivas do Serviço Social, em todas as áreas como: educação, direito, a final eram tidos como exemplo de modernidade de economia bem sucedida, e se deu devido a subordinação dos países latino-americanos ao continente europeu.
Dialogar sobre o Serviço Social brasileiro e latino-americano na saída das ditaduras...
tracking img