Logistica expressa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6751 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Projeto Logística









A utilização da Logística Expressa como ferramenta para a melhoria do desempenho das MPEs no
Estado do Rio de Janeiro


Autor: José Antônio Canellas




Proponente:



Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro – SEBRAE/RJ




ROTEIRO

I - Justificativa;
II - Sumário Executivo do Projeto;
III - A Atividadede Logística;
Definição e Importância da Logística
Principais Atividades de Logística
A Complexidade do Processo Logístico
Processo Logístico
Panorama Atual da Logística
IV - O Setor de Logística no Brasil;
Breve Histórico
Características do Mercado de Serviços de Logística no Brasil
Modais de Transportes no Brasil
Panorama Atual da Logística
Fatores de Transformação da Logística noBrasil
V - O Mercado de Logística Expressa no Brasil;
Carga Expressa: Definição
O Mercado de Carga no Brasil
VI - Plano de Ação
VII - Resultados Intermediários e Finalísticos
VIII - Foco Estratégico
IX - Premissas
X - Ações
XI - Estratégias de Implantação do Projeto
XII - Avaliação
XIII - Potenciais Parceiros
XIV- Recursos do Projeto
XV- Cronograma Físico
XVI - Cronograma FinanceiroI. Justificativa
Em um mercado globalizado e altamente competitivo as empresas são desafiadas a operar com baixos preços e a atender aos níveis de serviço e qualidade, exigidos pelos clientes, a fim de garantir a sua sobrevivência. Neste contexto a atuação das empresas vem se voltando para o sentido de minimizar ameaças e aproveitar oportunidades para otimizar seudesempenho.
O objetivo deste Projeto é o de inserir a logística expressa, e os seus conceitos, como ferramenta de gerenciamento do processo produtivo como sendo o campo que apresenta grandes oportunidades de lucratividade empresarial.
Operações logísticas ineficientes geram perdas financeiras consideráveis que podem comprometer não apenas a atuação e os níveis de serviço empresarial, mas a própriasobrevivência da empresa.
Conclui-se que dada a relevância das atividades logísticas para o retorno financeiro das empresas é crucial que os custos logísticos sejam tratados de forma ponderada pelo sistema de contabilidade gerencial em integração com o gerenciamento logístico de toda a cadeia produtiva.
O peso dos custos Logísticos no faturamento das empresas e na melhoria dos níveis daqualidade dos serviços prestados aos clientes.
Pesquisa do Instituto ILOS, em set/2011, mostra que maior parte destes recursos é voltada para o transporte.
As empresas brasileiras gastam o equivalente a 8,5% de sua receita com logística.
O estudo comprova que os gastos com transporte correspondem a 4,6% do total. E mais da metade dos custos médios das empresas são aplicados neste setor (54%),enquanto o restante fica dividido entre o estoque (23%) e a armazenagem (22%) de material.
A análise do item transporte mostra que a maior parte do total dos recursos é direcionada para a distribuição, ou seja, entrega de mercadorias (46%) porta a porta. Enquanto suprimentos (26%) e transferência (28%) recebem o restante.
As prioridades nas decisões logísticas vêm se modificando ao longo do tempo. Esteano, 43% das empresas têm focado na redução de custos e na melhoria da qualidade do serviço prestado. “Ainda assim, os gastos logísticos internos somam apenas 31%, a maioria continua sendo voltada para terceiros, com 69%”, comprova o estudo do ILOS.


Existem várias estratégias pelas quais as MPEs podem obter uma vantagem competitiva. Uma delas que se tem sobressaído nos últimos anos, é abaseada na redução ou compressão do tempo. A capacidade de uma empresa mover-se com rapidez, seja no desenvolvimento de um produto ou no reabastecimento do estoque dos clientes, é vista como um pré-requisito para o sucesso no mercado.

Não basta ter produtos atraentes, preços competitivos e anúncios criativos. A tendência dos clientes é de esperar sempre por novos patamares de serviços como a...
tracking img