Linguagem e ideologia

FACULDADES INTEGRADAS DO EXTREMO SUL DA BAHIA

ADMINISTRAÇÃO

RESUMO DA OBRA: LINGUAGEM E IDEOLOGIA

EUNÁPOLIS
2011

RESUMO DA OBRA: LINGUAGEM E IDEOLOGIA

Trabalho apresentado ao cursode
Administração das Faculdades Integradas
do Extremo sul da Bahia, com requisito
para a disciplina de Português Instrumental II,
sob a orientação do Professora Eliane Souza.

EUNÁPOLIS
20111 - Introdução

A Partir do momento em que a Linguísticas se constituiu ciência autônoma, os linguistas, deixou de se preocupar com a relação da sociedade com a linguagem. A partir daí, numaépoca, passou a ser ciência piloto das demais.
Como se diz no titulo do livro, o objetivo é uma reflexão sobre a relação entre a linguagem e a ideologia. Entre estes, a Fala e o Discurso serãoretratados no decorrer da leitura.

2 - Marx e Engels dão as primeiras dicas

No Livro a Ideologia Alemã, de Marx e Engels, diz que a linguagem sofre alterações sociais, pois o pensamento e a linguagem sãoexpressões da vida real.
Engels, explica em uma carta a Bloch, que as alterações nas instituições sociais, nem todas são por causas econômicas.
Então, os pontos de vistas, dos dois, sãocontraditórios, pois no primeiro diz que a linguagem sofre alterações de acordo com as condições sociais, já no segundo, Engels diz que nem todas alterações das instituições sociais são por causa econômica.
Alinguagem é um fenômeno complexo, e pode ser estudado de varias formas. Pois, é ao mesmo tempo, individual, social, física, fisiológica e psíquica.

3 - As primeiras distinções

As distinções quesão necessárias a fazerem são entre o sistema virtual (a língua) e a realização concreta.
O sistema não é só uma lista de palavras, mas sim, cada palavra tem seu valor diferenciado, tem seu realsignificado, dentro daquele contexto.
Assim também se devem fazer distinções entre o Discurso e a fala, onde o discurso são as formações dos elementos linguísticos, é a expressão do seu pensamento,...
tracking img