Licencitura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE – LAUREATE UNIVERSITIES
LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS






PROJETO DE MONOGRAFIA








PREFERÊNCIA ALIMENTAR DE INSETOS COLETADOS COM ARMADILHA MCPHAIL NA RESERVA FLORESTAL ADOLPHO DUCKE, MANAUS-AM.







Dyana de Oliveira Gomes





















Manaus – AM
2010
PREFERÊNCIA ALIMENTAR DE INSETOS COLETADOSCOM ARMADILHA MCPHAIL NA RESERVA FLORESTAL ADOLPHO DUCKE, MANAUS-AM.






Dyana de Oliveira Gomes
anayd_dyana@hotmail.com
(92) 32491645







Orientador: MSc. Marcelo Cutrim (UNINORTE)

Co-orientador: Dra. Rosaly Ale Rocha (INPA)

Unidade executora: UNINORTE

Prazo de execução: 12 meses























Manaus – AM
2010
IntroduçãoA Reserva Florestal Adolpho Ducke é uma área de extrema importância e prioridade para a realização de inventários na região amazônica. É considerada a área mais bem conservada em área urbana e conhecida taxonomicamente da Amazônia e tem sido alvo de diversas pesquisas básicas sobre solo, flora e fauna (Alencar, 1986, 1994).
As armadilhas são uma das melhores ferramentas para se conhecer adiversidade de insetos de uma área. Estas armadilhas podem ser classificadas em dois grupos, as de coleta ativa e passiva. As armadilhas de coleta passiva compreendem aquelas em que o inseto não sofre nenhum tipo de atração ou influência, naturalmente são coletados, como exemplos existem as armadilhas Malaise e Pitfall. Por outro lado, as de coleta ativa compreendem aquelas em que o inseto sofrealgum tipo de atração ou influência, seja por luz, cor ou alimento, propositalmente são coletados, caracterizando uma coleta seletiva, uma vez que seleciona o grupo a ser coletado segundo o tipo de atração ou influência, como exemplos existem as armadilhas CDC, guarda chuva entomológico, pulsar e McPhail, a qual será utilizada na metodologia deste trabalho.
A armadilha modelo McPhail é a maisusada e recomendada para o monitoramento das mosca-das-frutas (Scoz, 2006), que consiste de um recipiente de plástico transparente em forma de sino, com uma abertura no fundo, formando um reservatório de até 500 ml de capacidade (Thomas et al, 2001).
Os primeiro registros do uso de frasco caça-mosca são os de Newell (1936), que reportou o uso de frascos de vidro em forma de sino com aberturainvaginada no fundo, contendo, como isca, uma mistura de suco de laranja e açúcar mascavo para indicar o progresso que estavam sendo alcançados durante o período de 1933 a 1934 para erradicar a infestação das mosca-das-frutas das espécies Anastrepha obliqua e Anastrepha suspensa em Key West, Flórida (USA). Steyskal (1977), contudo, já havia mencionado sobre esse modelo de frasco em 1896 também paracaptura de mosca-das-frutas. A consagração do uso dessa armadilha, no entanto, ocorreu a quase 70 anos a partir dos estudos de McPhail (1937). A partir de então, esse modelo passou a ser chamado de armadilha McPhail, embora ele próprio nunca a chamasse assim.
A partir de então, as versões em vidro ou plástico semi-rígido da armadilha McPhail são universalmente reconhecidas como armadilhas para acaptura de mosca-das-frutas para fins de detecção, monitoramento e/ou controle (Cunningham, 1989; Aluja, 1994).
O número de espécies de insetos descritas é estimada em aproximadamente um milhão, das quais cerca de 10% são pragas, prejudicando plantas, animais, e o próprio homem.Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA),cerca de 5.000 novas espécies são coletada e classificadas anualmente(Gallo et al, 2002). Atualmente está em discussão às vantagens do uso desta armadilha para inventários e levantamento de diversidade pelo espectro de ação específica que esta armadilha ativa possui que outras armadilhas passivas não possuem.
Diversos fatores estão envolvidos na captura das mosca-das-frutas destacando-se a eficiência de atrativos e o tipo de armadilha empregado (Salles, 1999;...
tracking img