Queda da monarquia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1142 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
|
A queda da Monarquia e a 1ª República |
História e Geografia de Portugal 6º Ano |

|

Índice

INTRODUÇÃO 2
AS RAZÕES DA QUEDA DA MONARQUIA 3
A REVOLUÇÃO DE 5 DE OUTUBRO DE 1910 5
A 1a REPÚBLICA 8
O FIM DA 1º REPÚBLICA 10
CONCLUSÃO 11
BIBLIOGRAFIA 11

INTRODUÇÃO

Este trabalho foi realizado para disciplina de História e Geografia de Portugal e é sobre as razões dofim da monarquia e suas consequências. Da revolução de 5 de Outubro de 1910 à proclamação da 1.a República e todas as alterações que o nosso país sofreu.

AS RAZÕES DA QUEDA DA MONARQUIA

No fim do século XIX, a população de Portugal vivia descontente. Apesar da modernização verificada na segunda metade desse século, a maior parte da população continuava a viver mal, aqueles que já eram pobres,estavam cada vez mais pobres e a alta burguesia enriquecia cada vez mais.
A monarquia era acusada de gastar demasiado dinheiro aos cofres do estado em actividades particulares. Por exemplo, o rei D. Carlos ausentava-se em caçadas, viagens e em outras actividades.
A questão africana e o ultimato de Inglaterra deixaram o nosso país numa posição humilhante provocando manifestações dedescontentamento pela parte do povo. Portugal depois da independência do Brasil, organizou viagens de exploração em África, com o objectivo de dominar as terras compreendidas em Angola e Moçambique. Em 1886 Portugal apresentou um mapa (mapa cor-de-rosa), onde constavam os territórios a que se julgava com direitos. A Inglaterra opôs-se ao desejo de Portugal e, em 1890, enviou um ultimato, exigindo que osPortugueses abandonassem esses territórios, sob pena de declaração de guerra. O rei D. Carlos e o governo aceitaram a exigência britânica.


Para agravar a situação, Portugal tinha problemas políticos. Os rivais da monarquia tinham formado partidos políticos e em 1876 aparece o mais activo, o Partido Republicano Português que propunha substituir a Monarquia pela República.

República
Monarquia* O chefe de Estado é o rei.
* O rei herda o trono.
* Governa até á morte.

* O chefe de Estado é o presidente.
* O presidente é o eleito pelos cidadãos, ou pelos seus representantes.
* A duração do mandato presidencial é limitada por lei.

Aproveitando o descontentamento da população por causa do ultimato inglês, os republicanos organizaram, no Porto, em 31 de Janeirode 1891 deu-se, a primeira revolta armada contra a monarquia. Os republicanos foram derrotados pelos militares do rei, porém esta revolta foi muito importante, porque se tentou por fim á monarquia.

A REVOLUÇÃO DE 5 DE OUTUBRO DE 1910

Em 1907, o rei D. Carlos entregou a chefia do governo a João Franco, facto que desagradou o povo. No dia 1 de Fevereiro de 1908, em Lisboa no Terreiro do Paçoo rei D. Carlos e o príncipe herdeiro D. Luís Filipe são mortos.

Sobe ao trono D. Manuel II que viria a ser o último rei de Portugal pois não estava preparado para governar e não conseguindo repor a ordem no país dá-se a 1a grande revolução portuguesa do século XX, a revolução de 5 de Outubro de 1910. A revolução foi conseguida a partir de pequenos grupos do exército e marinha a que apopulação seguiu e o exército monárquico não conseguiu travar. Na manhã de 5 de Outubro dirigentes do partido republicano proclamaram a república na varanda da câmara municipal Lisboa, terminando a monarquia em Portugal.

Para governar o país provisoriamente, o Dr. Teófilo Braga assumiu a presidência, tornando assim o 1º Presidente da República Portuguesa (governo provisório). O governo teve de mudar ossímbolos da República Portuguesa:
* Hino nacional passou a ser ´´A portuguesa´´



* Adotou-se a bandeira vermelha e verde


Bandeira usada por:
D. Maria II (1834 – 1853)
D. Pedro V (1853 – 1861, inclui período de regência de
D. Fernando, de 1853 a 1855)
D. Luís I (1861 – 1889)
D. Carlos I (1889 – 1908)
D. Manuel II...
tracking img