Licenciado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 200 (49764 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ministério da Saúde
Instituto Nacional de Saúde
Dr. Ricardo Jorge

Programa Nacional de Controlo de Infecção

2004

PNCI

AUTORES
-

Ana Bruschy Fonseca (Centro Hospitalar de Cascais)
Clotilde Sebastião (Hospital Distrital de Abrantes)
Filomena José Cardoso Martins (Hospital de S. Francisco Xavier)
Maria da Graça V. Carvalho Ribeiro (Hospitais da Universidade de Coimbra)
IsmáliaCalheiros (Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia)
Luís Marques Lito (Hospital de Santa Maria)
Margarida Bivar Abecassis (Hospital de Pulido Valente)
Margarida Isabel Feijó Pinto (Hospital de Santa Marta)
Maria Odete Chantre Spencer (Hospital de São José)
Maria Paula S. Falcão M. Pinheiro (Hospital Dr. José Maria Grande - Portalegre)
Maria Teresa M. Pina M. Costa (Hospital Curry Cabral)Rosa Maria Barros (Hospital de Dona Estefânia)
Rosa Fula Bento (Hospital José Joaquim Fernandes - Beja)

Colaborações
-

Elaine Pina (Programa Nacional de Controlo da Infecção - PNCI e Hospital de
S.António dos Capuchos)
Helena Ramos (Hospital Geral de Santo António – Porto)

Redacção Final e Uniformização
-

Ana Bruschy Fonseca
Luís Marques Lito
Maria Teresa M. Pina M. CostaFormatação
-

Ana Bruschy Fonseca

Revisão
-

Maria José Salgado (Hospital de Santa Maria)
Elaine Pina, Coordenadora do PNCI
Maria Goreti Silva, Enfermeira do PNCI

Publicação
-

Programa Nacional de Controlo da Infecção (PNCI)
Instituto Nacional de Saúde, Dr. Ricardo Jorge, Observatório Nacional da Saúde
(ONSA)

2

INTRODUÇÃO
O presente trabalho resulta do empenho de um grupo deMicrobiologistas Clínicos que, durante
alguns anos, se reuniu periodicamente sob a égide do Programa Nacional de Controlo de
Infecção. Para o seu desenvolvimento, os autores recorreram à bibliografia da especialidade,
mas introduziram também uma forte componente da experiência adquirida pelo seu trabalho
diário.
As “ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DE UM MANUAL DE BOAS PRÁTICAS EMBACTERIOLOGIA”, tal como o nome indica, tem como objectivo permitir aos responsáveis
pelos Laboratórios de Microbiologia a elaboração do seu proprio “Manual de Boas Práticas”.
Assim, neste trabalho, são colocados à disposição meios que os poderão ajudar a melhor
desenvolver esta desejável tarefa.
Neste documento são exclusivamentte tratados temas relacionados com a Bacteriologia, não
estando portantoincluídas áreas igualmente importantes como a Micobacteriologia, a
Micologia, a Virologia ou a Parasitologia.

Agradecimentos:
O grupo de trabalho que elaborou este Manual de Boas Práticas agradece a todos quantos
contribuiram de forma directa ou indirecta para a sua elaboração e divulgação. Agradecemos
de modo especial, à Exm.ª Sr.ª Dr.ª Elaine Pina, Coordenadora do PNCI, à Exm.ª Sr.ª Dr.ªMaria José Salgado, Microbiologista do Hospital de Santa Maria pela disponibilidade, apoio,
sugestões e ensinamentos e à Exm.ª Sr.ª Enf.ª Maria Goreti Silva do PNCI pelo trabalho de
revisão do Manual.

3

ÍNDICE
1. GENERALIDADES
1.1.
1.2.
1.3.
1.4.
1.5.
1.6.
1.7.

Técnicas Laboratoriais usadas no estudo das bactérias
Uso do Microscópio
Desenvolvimento das bactérias em meios deCultura
Identificação das bactérias
Conservação e Transporte de produtos biológicos e estirpes bacterianas
Esterilização e Desinfecção
Tratamento de Resíduos Sólidos

2. NORMAS de COLHEITA e TRANSPORTE de PRODUTOS

5
5
8
12
19
21
25
26

3. PROCESSAMENTO dos PRODUTOS para EXAME BACTERIOLÓGICO
3.1.
3.2.
3.3.
3.4.
3.5.
3.6.
3.7.
3.8.

Urina
Hemocultura
LíquidoCéfalo-raquidiano
Líquidos de Serosas
Aparelho Respiratório Superior
Aparelho Respiratório Inferior
Exsudados Oculares
Exsudados Purulentos
3.8.1.Biópsias cirúrgicas e Cateteres Vasculares
3.9. Fezes
3.10. Aparelho Genital
3.11. Amostras para Pesquisa de Anaeróbios

40
44
50
52
54
59
65
72
75
78
82
89

4. IDENTIFICAÇÃO de MICRORGANISMOS
4.1.
4.2.
4.3.
4.4.
4.5.
4.6.
4.7.
4.8....
tracking img