Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2457 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]







“A surdez em seu âmbito de inclusão nas instituições de ensino regular e o entendimento da LIBRAS como principal instrumento da língua do Surdo.”




Alunas:

Alcenilda Batista Mendonca-398845

Edneia Luiza Barbosa-351561

Julliane S. Silva-404465

Vanessa Karina de Arruda Moita-399414




Disciplina: LínguaBrasileira de Sinais

Curso: Pedagogia

Tutora a distância: Ana Cristina Garcia Anache




Cassilândia-MS-2012/2°

Introdução


Hoje em dia, e possivel constatar que os surdos esta assumindo um papel cada vez maior e mais notório em nossa sociedade. O surdo tem como principal língua materna a LIBRAS, esta tem a função de ajudar e fazer com que o surdo se socialize etenha uma comunicabilidade própria para se interagirem em nosso meio. Assim, o Bilinguismo, este como forma de inclusão do surdo ensinando-lhes ambas a linguagem de Sinais e a Lingua Portuguesa. No entanto, a luta pelo surdo de direito igualitários, vem tornando-se um ponto de total importância em sua integração e foi através da Libras que a comunidade surda poderá alcançar grandes objetivos parasua inclusão, em seu desenvolvimento mental, individual e social. Outro ponto que merece destaque, é a inclusão de pessoas surdas nas instituições de ensino regulares e ate mesmo em universidades. No Brasil, foi sancionada a Lei 10.436 de 24 de abril de 2002, sobre a Libras como componente curricular na formação de docentes e na difusão da Libras e da Lingua Portugues para a acessibilidade dossurdos em sua educação, e também a reivindicação de escolas, de um tradutor/interprete de Libras para alunos surdos dentro de sala de aula a fim de auxiliar o professora em seu ensino. Vejamos então, o processo de inclusão na pratica docente, assim como as demais características da Cultura Surda na sociedade e a Libras como a principal língua para sua comunicação entre si e os ouvintes.

A Libras ea Cultura Surda em seus aspectos

Historicamente, as primeiras aulas de Libras ocorreram com a vinda ao Brasil de um professor francês surdo, chamado Huet, e em 1855, foi fundado no Rio de Janeiro o primeiro Instituto Nacional de Surdos(atual INES) no pais. Em conseqüência disso, no período de 1970 a 1992, os surdos resolveram se fortalecer e reivindicar seus direitos como cidadãos comuns.Por meio dessas reinvidicacoes, a seus favores em 2002, foi sancionada uma Lei que reconhecia a Libras, como sendo a língua oficial dos surdos para sua comunicação perante a sociedade. Assim, o decreto 5.626/2005, teve como obrigatório a disciplina de Libras nos cursos de formação de professores em Nivel Superior (Pedagogia, Fonoaudiologia, Letras etc). Vê-se então, que as instituições escolaresestão se adaptando a esta lei de inserção da Libras nos ensinos regulares.

No entanto, a cultura surda no Brasil e uma forma como os surdos vêem seu mundo frente a dos ouvintes, e uma diversificação de idéias, comportamentos, tradições, crenças, costumes etc.
As identidades surdas são construídas dentro das representações possíveis da cultura surda, elas moldam-se deacordo com maior ou menor receptividade cultural assumida pelo sujeito. E dentro dessa receptividade cultural, também surge aquela luta política ou consciência oposicional pela qual o individuo representa a si mesmo, se defende da homogeneização, dos aspectos que o tornam corpo menos habitável, da sensação de invalidez, de inclusão entre os deficientes, de menos valia social. (PERLIN, 2004, p.77-78)
E evidente que, os surdos por ter sua cultura própria em relação aos ouvintes, ele passa a desenvolver seus costumes, seus mitos, valores morais, sua religião e seu modo de ver o real a partir de sua inteligência humana. Isto então, constitui-se sua cultura na sociedade hoje nos dias atuais. No entanto, vemos que os surdos por fazer parte de sua própria cultura e se relacionarem com...
tracking img