Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1207 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As crianças surdas tem tido acesso à língua de sinais brasileira tardiamente,pois as escolas não oportunizam o encanto adulto.
Elas encontram os surdos adultos na fase da adolescência,normalmente por acaso.
A educação dos surdos tem se mostrado sempre como um assunto polemico que requer cada vez mais a atenção dos pesquisadores e estudiosos da educação. As propostas educacionais desenvolvidasao longo do último século não se mostraram eficientes e encontra-se um grande numero de sujeitos surdos que após anos de escolarização apresentam uma série de limitações,não sendo capazes de ler e escrever satisfatoriamente e não tendo um domínio adequado dos conteúdos acadêmicos.
É possível vislumbrar a multiplicidade de fatores interferentes em uma pratica assim estruturada e ao mesmo tempomostrar que a língua de sinais pode estar presente no espaço de sala de aula,colaborando para as relações que envolvem todo o espaço educacional.
Não há prejuízos trazidos pela presença dessa língua em sala de aula:ao contrario ela impõe uma diversidade que torna a linguagem em um objeto de constante reflexão. Abre possibilidades para que todos,ouvintes e surdos se pensem e se repensem nas relaçõescom objetos de conhecimento.
A partir desta compreensão,as crianças surdas precisam ter a chance de desfrutar do encontro surdo-surdo.Os pais ouvintes precisam descobrir este mundo essencialmente visual-espacial e conhecer a língua de sinais. As crianças surdas e seus pais ouvintes poderiam compartilhar o bilinguismo: língua portuguesa e língua de sinais brasileira e ir alem descobrindo os viesesdas culturas e identidades que se entrecruzarem.
Possibilitar a aquisição da linguagem das crianças surdas implicara um desenvolvimento mais consistente do seu processo escolar.
A língua de sinais faz parte da cultura surda e, assim como qualquer outra,é carregada de significações sociais. Sabe-se que para conhecermos um povo e sua cultura é necessário conhecermos sua forma de comunicação nocaso a língua.
Ao mesmo tempo em que permite a troca de informações e ideias,vincula discursos, expressa subjetividade e também identidades.
O mesmo ocorre com o uso de sinais pelos surdos. A língua de sinais, portanto ultrapassa os objetivos de uma simples comunicação e se constitui na expressão da identidade de uma comunidade.
As línguas de sinais se igualam as línguas orais que exercem asmesmas funções linguísticas na vida de seus usuários.Trata-se de uma língua independente dos demais sistemas linguísticos.
Ela é considerada assim uma língua natural desenvolvida pela comunidade surda.
O uso da linguagem escrita com sujeitos surdos deve ser pensado por meio de praticas discursivas de letramento.Isso para que cada um exerça plenamente sua cidadania,seu papel social,fazendo valer seudireito a uma vida saudável e autônoma,na medida em que participa de maneira ativa e critica de ações mediadas pela escrita.
Nessa perspectiva,o desenvolvimento da escrita das crianças surdas não segue um caminho único e igual.Ao contrario, passa por um processo de imprevisibilidades e diferenças.
Cabe aos professores optarem por metodologias e adaptações curriculares que levem em conta que osurdo percebe o mundo visualmente e que possui uma diferença linguística importante.
A escola deve priorizar a natureza interativa da linguagem utilizando diferentes tipos de textos escritos em jornais,gibis,revistas,etc... apresentando aos sujeitos diversos gêneros textuais como:poesias,bilhete,carta,conto etc...
Alem disso, os professores devem enfatizar a escrita em contextos significativos nosquais as pessoas surdas seja capaz de interiorizar a língua portuguesa e perceber sua funcionalidade.
Os professores podem realizar atividades como leitura de vários materiais escritos ou visuais sequencias de figuras, fotos,historias,jornais,livros,filmes,já que a constituição dos sentidos na escrita decorrera de processos simbólicos visuais e não auditivos.
Após a leitura a explicação de...
tracking img