Leitura e escrita

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 6 (1440 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. DADOS DO AUTOR


Investigar o experiência da cça com a leitura e com a escrita anteriormente à escola (propiciado por familiares e outros...) e os reflexos desta experiência no desenvolvimento linguístico do aluno dentro da sala de aula.
Correlação Pública com particular.
Nesta entrevista :
Perguntar como ....





Eliz TerezaPaulino de Camargo
7º Período do Curso de Pedagogia


2 TEMA

Valorização da escrita nos anos iniciais da educação infantil.


3 TITULO


A escrita como ingresso cultural ou como algo natural.


4 JUSTIFICATIVA:


Muitas vezes, pensamos somente na escrita alfabética e esquecemos que existem outros tipos de escritas e estas muitas vezes são desvalorizadas, a escrita nãodeve ser vista somente como um sistema de traços e sinais , ela passa a ter relação com som da fala.
Deve ser uma atividade permanente e de suma importância na educação infantil, pois por meio de desenhos a criança pode se expressar seus sentimentos e sua visão do mundo. Desde cedo devemos perguntar a criança o que representa sua escrita , não podemos olhar com os olhos de adultos somente, epensar que aquilo tudo é um monte de rabiscos, pois mesmo disforme, as primeiras garatujas tem significação.


5. PROBLEMATIZAÇÃO

Como respeitar na criança a sua legitimidade de aprender, de acordo com seu Grau de maturidade, diante do que Emilia Ferreiro e Ana Teberoski relatam como níves de escrita?


6 OBJETIVO

Pesquisar como se dá o processo de significação da escritapela criança nos anos iniciais da educação infantil.


7 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Compreender como se desenvolve o processo de escrita;( muito ampla)
- Assistir como se dá o processo de escrita neste nível;
- Relacionar-se com as crianças para tentar entender como fazem a leitura das coisas que as cercam;
- Coletar dados para pesquisa.

8. METODOLOGIA




De acordocom Rodha, o primeiro contato da criança com papéis é mais para exploração de movimentos, e a relação delas com a escrita se dá primeiramente pelo movimento: O prazer de produzir um traço sobre o papel , a curiosidade em ver o que suas próprias mãos imprimem naquele material, as diferentes cores, texturas e traços diferentes. No começo as crianças não tem intenção de reproduzir nenhum desenho ,somente testar o que acontece com a utilização de materiais variados.
Ela procura formas de preencher a folha, e não retratar algo de seu cotidiano.
Daí vem o prazer de desenhar também fora dos papéis, imprimir sua marca em diferentes lugares como paredes, chão, mesas, pois ela deseja experimentar diversas texturas diferentes e se interessa pelos diversos efeitos."O desenho é uma forma de linguagem que tem seus próprios códigos", diz Mirian Celeste Martins. "Para se aproximar do que ele expressa, é preciso fazer uma escuta atenta enquanto ele é produzido."




9. REVISÃO DE LITERATURA


As investigações de Emilia Ferreiro e seus colaborados procuram demonstrar o papel ativo do sujeito no processo de elaboração individual da escrita. Narelação com a escrita, a criança elabora e testa hipóteses de natureza cognitiva a respeito de como se escrevem as palavras. A criança, mesmo muito pequena, tem a habilidade de se colocar problemas, criar hipóteses, testá-las e construir verdadeiros sistemas interpretativos na busca pela compreensão do universo ao seu redor.
“[...] tentar uma explicação dos processos e das formas mediante asquais a criança consegue aprender a ler e escrever. Entendemos por processo o caminho que a criança deverá percorrer para compreender as características, o valor e a função da escrita, desde que esta se constitui no objeto da sua atenção, portanto, do seu conhecimento” (p.18).
“É necessária uma série de processos de reflexão sobre a linguagem para passar a uma escrita; mas, por sua vez,...
tracking img