Karl marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4876 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Subdesenvolvimento e alienação


Há muito tempo que a pobreza vem sendo discutida em varias partes do mundo, isto no que respeita aos países capitalistas, como também aos socialistas, do mesmo modo que na Antigüidade o que preocupava a população era a pobreza de uma faixa da sociedade. Entretanto, fica muito mais fácil abordar este fato pelo lado de uma estrutura de país que se encontra dentroda dicotomia país desenvolvido versus subdesenvolvido.
Primeiramente, o que significa uma nação ser pobre? Ou de outra forma, o que é ser um país subdesenvolvido?
Na visão de alguns economistas ortodoxos, que se perderam no tempo e no espaço, o subdesenvolvimento decorre do fato de que alguns países estão muito abaixo da média da renda per capita estipulada para se delinear objetivamente ointervalo de ser país subdesenvolvido, em desenvolvimento ou desenvolvido. Em verdade, esta é uma medida até certo ponto falha, porque encobre muitas desigualdades sociais subjetivas internas.
Uma outra maneira de ver a questão do subdesenvolvimento é quanto à estrutura de um país, no que diz respeito ao nível de vida da população, quanto à educação, a saúde, a habitação, a transportes, a lazer emuitas outras variáveis que estão no modelo de bem-estar de um povo.
Um grande pesquisador dos problemas sociais de todas as épocas, o famigerado Karl MARX (1867), mostrou que é a dinamização do processo de acumulação e concentração que vem se desenrolando ao longo da história. MARX agregou com sapiência a questão, ao denotar que a falta de produção seria o poder do monopólio ou oligopólio e apopulação excedente desempregada constituiria o exército industrial de reservas dos capitalistas que têm o objetivo de, única e exclusivamente, sobreviver sobre a exploração da mão-de-obra excedente a baixo custo.
A história do homem é a história da luta de classes. Para Marx a evolução histórica se dá pelo antagonismo irreconciliável entre as classes sociais de cada sociedade. Foi assim naescravista (senhores de escravos - escravos), na feudalista (senhores feudais - servos) e assim é na capitalista (burguesia - proletariado). Entre as classes de cada sociedade há uma luta constante por interesses opostos, eclodindo em guerras civis declaradas ou não.
Na sociedade capitalista, a qual Marx e Engels analisaram mais intrinsecamente, a divisão social decorreu da apropriação dos meios deprodução por um grupo de pessoas (burgueses) e outro grupo expropriado possuindo apenas seu corpo e capacidade de trabalho (proletários). Estes são, portanto, obrigados a trabalhar para o burguês. Os trabalhadores são economicamente explorados e os patrões obtém o lucro através da mais-valia.
O capitalismo tornou o trabalhador alienado, isto é, separou-o de seus meios de produção (suas terras,ferramentas, máquinas, etc). Estes passaram a pertencer à classe dominante, a burguesia. Desse modo, para poder sobreviver, o trabalhador é obrigado a alugar sua força de trabalho à classe burguesa, recebendo um salário por esse aluguel. Como há mais pessoas que empregos, ocasionando excesso de procura, o proletário tem de aceitar, pela sua força de trabalho, um valor estabelecido pelo seu patrão.Caso negue, achando que é pouco, uma exploração, o patrão estala os dedos e milhares de outros aparecem em busca do emprego. Portanto é aceitar ou morrer de fome. Com a alienação nega-se ao trabalhador o poder de discutir as políticas trabalhistas, além de serem excluídos das decisões gerenciais, na opinião de Marx, que o capitalismo constitua o último estágio de evolução da sociedade.
Marx afirmaque a acumulação de capital, condição inerente ao sistema, provocaria no futuro as crises de superprodução por insuficiência do consumo. Essa é uma das leis mais importantes do desenvolvimento capitalista, a qual é ao mesmo tempo conseqüência e condição desse desenvolvimento. As contradições do sistema se agravam com a ampliação do desenvolvimento capitalista, que é levado a evoluir para formas...
tracking img