Karl marx - lucro - resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2195 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Lucro e Mais- Valia

Lucro: Marx reparou que o lucro dependia, pelo menos em parte, da produtividade física do capital, o que fez com que buscasse sair das constatações simples de seus predecessores para elaborar uma teoria mais aprofundada das causas efetivamente sociais do lucro capitalista. Para Marx, em princípio o salário capitalista é "justo": o capitalista não necessita espoliar seusoperários do seu salário de mercado para lucrar; o lucro tem uma causa concreta: ele tem por causa a propriedade privada do Capital; mas supor que ele seja uma remuneração automática deste mesmo capital, uma vez investido, é, para Marx, "fetichismo", pois supõe que uma coisa possa gerar sua remuneração, que o capital produza lucros e/ou juros como uma laranjeira produz laranjas. Esta origem do lucronão está, na sociedade capitalista, numa espoliação direta, como a apropriação da pessoa como trabalhador escravo, ou a cobrança de uma renda feudal, mas na medida em que o próprio salário "justo" tem seu valor estabelecido de modo a remunerar os trabalhadores com um valor menor do que o valor total das mercadorias por eles produzidas durante a jornada de trabalho contratada; é o que Marx chama de"jornadas de trabalho simultâneas" (uma paga, a outra não). A taxa de lucro difere da taxa de mais-valia na medida em que estabelece uma relação entre a mais-valia e a totalidade do capital desembolsado, expressa em percentagem. A taxa de lucro caracteriza a eficiência da utilização do capital, ou seja, a rentabilidade da empresa. A sua grandeza depende essencialmente da mais-valia e dacomposição orgânica do capital. Com o desenvolvimento do capitalismo cresce a participação do capital constante na composição orgânica do capital, o que provoca uma tendência para a diminuição da taxa de lucro. Para contrariar esta tendência, o capitalismo utiliza várias medidas: aumento da exploração dos trabalhadores, com a diminuição dos salários reais; agravamento da exploração dos países dependentes oucolonizados; alteração da composição dos meios de produção, com a introdução de melhores técnicas, novas máquinas e instalações; aumento da velocidade de rotação do capital; ampliação do volume da produção, etc. Tais medidas reflectem-se, por vezes, no aparecimento de crises económicas de superprodução.

Mais Valia: Apesar de só os trabalhadores criarem novos valores, eles não são donos do queproduzem. Os burgueses são os donos das empresas, e por isso se apoderam destes produtos e os vendem. Estes, utilizam uma pequena parte do resultado da venda para pagar salários aos trabalhadores. A maior parte que sobra é chamada de mais valia. Entre as confusões sobre o capitalismo está a idéia de que “são explorados os trabalhadores que recebem baixos salários”. Isso não é verdade, sãoexplorados todos os trabalhadores, com maiores ou menores salários. E são ainda mais explorados os que recebem salários baixos.
-O fundamental da exploração é a apropriação por parte do burguês do fruto do trabalho alheio, ou seja, dos produtos resultantes dos que trabalham. Os trabalhadores são os que criam a riqueza, mas são os burgueses que os contrataram que ficam com o resultado da exploração, a maisvalia. O objetivo fundamental da burguesia é obter os lucros que vêm da mais valia.

Mais Valia absoluta e relativa:


Karl Marx chama a atenção para o fato de que os capitalistas, uma vez pago o salário de mercado pelo uso da força de trabalho, podem lançar mão de duas estratégias para ampliar sua taxa de lucro: estender a duração da jornada de trabalho mantendo o salário constante - o queele chama de mais-valia absoluta; ou ampliar a produtividade física do trabalho pela via da mecanização - o que ele chama de mais-valia relativa. Em fazendo esta distinção, Marx rompe com a idéia ricardiana do lucro como "resíduo" e percebe a possibilidade de os capitalistas ampliarem autonomamente suas taxas de lucro sem dependerem dos custos de simples reprodução física da mão-de-obra....
tracking img