Justino, o retirante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (749 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CED – Centro de Educação a Distância - UNISANTA

Curso Superior de Tecnologia em Segurança Pública

Leitura e Produção Textual
Atividade 04 – Módulo 05 - Data entrega: 23/09/2012

ProfessoraEveline Cavalcante

Aluno(a): Rosana Hansen

Matricula:110751

Odette de Barros Mott

Parágrafo Dissertativo


Odette de Barros Mott, através do personagem Justino, aproxima o leitor dosinúmeros problemas sociais vivenciados em diversas épocas e ainda existentes em nosso país. Descreve a região nordeste, a seca, a miséria, a fome, e a migração em busca de melhores condições de vidaapresentando um conjunto de problemas tocantes a essa migração manifestado simultaneamente com a vontade de superação em meio aos infortúnios proporcionados pela terra.

Parágrafo Dissertativo
A obra registra também a esperança que se enlaça à fé e chega a um final completamente diferente do sugerido pelo título. O protagonista consegue livrar-se da seca, da fome e da miséria. Na trilhapercorrida, ele encontra a amizade, a solidariedade e o amor. Justino vence, faz-se firme, seguro e representa a voz de um povo em busca de justiça. Trata-se de uma obra intensa com conteúdo complexo ereflexivo.

Odette de Barros Mott
Nasceu em Igarapava, em 24 de maio de 1913, e faleceu em São Paulo, em 1998, com 85 anos.  Em 1981 ultrapassou um milhão de livros publicados.  “Justino, oRetirante” é considerado um marco na literatura infanto-juvenil brasileira. Segundo a autora, sua intenção era chamar a atenção dos jovens para os problemas do Nordeste.  “A literatura deve servir paraintegrar os jovens, não para aliená-los com histórias absurdas”.


Estética Literária


Odette de Barros Mott, Érico Veríssimo, Jorge
Amado, Graciliano Ramos, entre outros, são consideradosos inauguradores do movimento que representava os problemas gerais e específicos de determinadas regiões do Brasil, denominado “regionalismo crítico”. Justino, o retirante - é uma obra que se...
tracking img