Juscelino kubitschek

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1224 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Juscelino Kubitschek foi eleito presidente da República em 1955.
Juscelino quase que de imediato, em fevereiro mesmo, apresentou a nação o seu Plano de Metas que tinha como objetivo "crescer cinquenta anos em cinco”. Logo após assumir o governo, JK apresentou à população o seu ambicioso Plano de Metas, composto por 31 setores que seriam o foco do investimento e teriam metas a serem alcançadasdurante sua gestão. Não parecia ser fácil alcançar o esperado. Após dois governos de Getúlio Vargas, dos quais, mais de 11 anos como ditador, e uma frustrada administração, a situação não era das melhores.
Empobrecido, o Brasil tinha 60% da população no campo e, aproximadamente, 30 milhões de brasileiros dependiam da economia agrária. Desta forma, era hora de modernizar o país e investir nodesenvolvimento, gerando crescimento e empregos. A finalidade do plano era consolidar o que começou com Getúlio, o chamado processo de substituição das importações. Assim, a primeira fase foi criar infraestrutura para que o país pudesse produzir dentro de seu território os produtos de que precisava.
Quando JK chegou ao poder se deparou com a Petrobras em franco crescimento e com a Companhia SiderúrgicaNacional (CSN) que foi implementada pelo governo Getúlio Vargas em 1950 e onde se decidiu investir na expansão dos setores de siderurgia e energia do país com isso se visava acelerar a industrialização nacional, um movimento que crescia entre países em desenvolvimento. Assim, com matéria-prima e energia garantida, era preciso investir em manufatura para garantir emprego e expandir o país para ointerior. Foi aí que Juscelino fez sua grande aposta: abriu o mercado e criou barreiras protecionistas.
O Plano de Metas foi elaborado com base em estudos e diagnósticos realizados desde o início da década de 1940 por diversas comissões e missões econômicas.
Com a chegada de Juscelino ao poder, o Brasil entra na fase chamada: desenvolvimentista.
Nos primeiros anos, após a situação política ter tomadoseus caminhos, rapidamente JK colocou em ação o Plano de Metas e a construção de Brasília, transferindo a capital do Brasil da cidade do Rio de Janeiro para o Planalto Central.
O Plano ou Programa de Metas (31 metas) tinha como principal objetivo o desenvolvimento econômico do Brasil, ou seja, era composto por um conjunto de medidas que atingiria o desenvolvimento econômico de vários setores,priorizando o processo de industrialização do Brasil.
O desenvolvimentismo econômico que o Brasil viveu durante o mandato de JK priorizou o investimento nos setores de transportes e energia, na indústria de base (bens de consumos duráveis e não duráveis), na substituição de importações, destacando a ascensão da indústria automobilística, e na Educação. Para Juscelino e seu governo, o Brasil iriadiminuir a desigualdade social gerando riquezas e desenvolvendo a industrialização e consequentemente fortalecendo a economia. Sendo assim, estava lançado seu Plano de Metas: “o Brasil iria desenvolver 50 anos em 5”.
Para ampliar o desenvolvimentismo econômico brasileiro, Juscelino considerava impossível o progresso da economia sem a participação do capital estrangeiro. Para alcançar os objetivos doPlano de Metas era necessária uma intervenção maior do Estado na economia, priorizando, então, a entrada de capitais estrangeiros no país, principalmente pela indústria automobilística. É importante ressaltar que nesse período o Brasil iniciou o processo de endividamento externo.
Os setores de energia e transporte foram considerados fundamentais para o desenvolvimentismo econômico, a importância dogoverno Vargas neste processo, com a criação da Companhia Siderúrgica Nacional em Volta Redonda-RJ no ano de 1946 e da Petrobras no ano de 1953. Outros setores que ganharam relevância foram o agropecuário; Juscelino procurou aumentar a produção de alimentos e o setor energético, construindo as usinas Hidrelétricas de Paulo Afonso no rio São Francisco e as barragens de Furnas e Três Marias....
tracking img