John locke

Páginas: 3 (557 palavras) Publicado: 24 de outubro de 2012
Um homem no estado de natureza consegue poder sim sobre outro, porém não direito arbitrário ou absoluto, mas sim o direito de revidar para reparar e restringir os erros na mesma proporção dastransgressões. Transgredindo as leis da natureza (que é considerado crime contra os “direitos básicos”) o individuo descontrola-se, tornando-se perigoso para a Humanidade.
Qualquer homem pode agir do jeitoque melhor for para a Humanidade, com o objetivo de punir o ofensor, sendo o executor da lei da natureza.
As leis não têm poder sob um estrangeiro, pois este é igual a qualquer um, nem superior neminferior.
Além do crime de violação de lei e na divergência precisa da razão, há o dano causado a uma pessoa ou outra, podendo um terceiro também ser prejudicado. O que foi prejudicado tem o direitode castigar e procurar reparação, podendo também, quem achar justo juntar-se para que a justiça seja feita.
Somente o indivíduo prejudicado pode relevar o dano e tem o direito de confiscar tudoquanto seja do ofensor pela sua autopreservação. O homem tem o poder de matar um assassino – porque não há reparação para atos de um assassino (“Quem derramar o sangue do homem, pelo homem verá seu sanguederramado”) – assim como fazê-lo para amedrontar a outros assassinos ativos ou em potencial.
Qualquer ofensa cometida no estado de natureza pode por igual ser castigada nesse mesmo estado, bem comoem qualquer comunidade, sendo as leis verdadeiras somente quando baseadas na lei da natureza, que as regula e interpreta.
No estado de natureza, todos têm o poder executivo da lei da natureza, e porisso os homens não estão obrigados a submeter-se à vontade e julgamento injusto de segundos, mas quando alguém julga erroneamente no seu próprio caso ou no de terceiros, este será responsável pelojulgamento perante o restante dos homens.
Os homens que se encontram neste estado de natureza são os governantes de comunidade independentes. Estes mudaram o estado de natureza de outros homens através...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • JOHN LOCKE
  • John locke
  • John locke
  • JOHN LOCKE
  • John Locke
  • John locke
  • John locke
  • John locke

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!