Janaina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE VASCO DA GAMA
SERVIÇO SOCIAL 4º SEMESTRE PROFESSORA: Liliane Xavier Gomes


Janaína dos Santos Batista; Lucia da silva Pinto; Vicia Alves Costa; Eny de Souza Rocha; Joelma Alves dos Santos; Daniely; Edilene;






Terceira idade





Salvador2012
Janaína dos Santos Batista; Lucia da silva Pinto; Vicia Alves Costa; Eny de Souza Rocha; Joelma Alves dos Santos; Daniely; Edilene;





Terceira idade



Trabalho apresentado à Faculdade Vasco da Gama com requerido parcial da disciplina Direitos humanos em Serviço Social do curso Serviço Social sobre aorientação da professora Liliane Xavier Gomes.
.






Salvador
2012
SUMÁRIO

















































INTRODUÇÃO



Atualmente, quase 13 anos após a edição da Lei de Política Nacional do Idoso (Lei8.842/94) e 4 anos após o Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03) ainda está em fase inicial a adoção de práticas garantistas dos direitos do idoso no Brasil.
No entanto, urge que se adote providências para mudar esse quadro. Ora, ocorre
que o marco etário que define o ingresso na velhice, embora não fixado em qualquer norma internacional, é a idade de 60 anos. É a partir dessa idade, em regra, que umapessoa pode ser definida como idosa, no Brasil inclusive (conforme as duas leis citadas). Sobre esse marco etário, se calculam os índices de envelhecimento da população, crescentes em todo o mundo. Dados do IBGE dão conta de que, no Brasil, o contingente de idosos tem crescido de forma acelerada. Estima-se que, até 2020, o país conte com 40 milhões de velhos, sendo então enquadrado como o sextopaís com mais velhos no mundo.
Justamente pela emergência do tema, bem como pela gravidade com que se apresenta o panorama mundial da violência contra o idoso, notadamente aquela praticada contra pessoas do sexo feminino, optou-se por trabalhar esse especial campo de atenção do Sistema Internacional de Proteção aos Direitos Humanos.



 A Lei nº. 8.842, de 4 de janeiro de 1994 dispõe sobre apolítica nacional do idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências. Seu objetivo é assegurar os direitos sociais do idoso, criando condições para promover sua autonomia, integração e participação efetiva na sociedade.

Uma das principais conquistas dos idosos no Brasil, na avaliação de especialistas, é a participação cada vez mais ativa deste público na sociedade. Asconquistas vieram a partir da Política Nacional do Idoso, implantada em 1994. Foi o primeiro passo no país. Depois o surgimento do Estatuto veio complementar as leis e garantir os direitos do idoso em todo país.




































O QUE E POLÍTICA?

Política denomina arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados;aplicação desta ciência aos negócios internos da nação (política interna) ou aos negócios externos (política externa).[1] Nos regimes democráticos, a ciência política é a atividade dos cidadãos que se ocupam dos assuntos públicos com seu voto ou com sua militância.

A palavra tem origem nos tempos em que os gregos estavam organizados em cidades-estado chamadas "polis", nome do qual se derivarampalavras como "politiké" (política em geral) e "politikós" (dos cidadãos, pertencente aos cidadãos), que estenderam-se ao latim "politicus" e chegaram às línguas européias modernas através do francês "politique" que, em 1265 já era definida nesse idioma como "ciência do governo dos Estados".

O termo política é derivado do grego antigo πολιτεία (politeía), que indicava todos os procedimentos...
tracking img