Iso 26000

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3112 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UCS – Universidade de Caxias do Sul




















Norma ISO 26000: Diretrizes em Responsabilidade Social












Normalização – MEC 437 A
Prof. Amilton Carlos de Mello













Caxias do Sul, 07 de Novembro de 2011.
1.Introdução


A Organização Internacional de Normalização (ISO),com sede em Genebra, na Suíça, foi criada em 1946 e tem como associados organismos de normalização pertencentes a, aproximadamente, 160 países. A ISO tem como objetivo criar normas que facilitem o comércio e promovam boas práticas de gestão e o avanço tecnológico, além de disseminar conhecimentos. Uma de suas normas é a ISO 26000, a qual abordaremos como tema principal, apresentando seu histórico,objetivos, abrangência e demais características que buscamos compreender durante o presente trabalho.






















































2.Histórico


A sua contextualização se inicia a partir da década de 70, tendo como marco histórico a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e diante dosproblemas oriundos da degradação ambiental, iniciou-se no mundo uma crescente consciência de que seria necessária uma forma diferenciada do ser humano se relacionar com a natureza, e de gerar e distribuir riquezas. Ao mesmo tempo, a desigualdade social foi nas últimas décadas expandindo numa velocidade vertiginosa e com ela crescendo a exclusão social e a violência. Em decorrência destes dois fatores, nadécada de 90, somando-se ao fortalecimento da esfera pública não-estatal, ganharam força os movimentos da qualidade empresarial e dos consumidores. De agente passivo de consumo, o consumidor passa a ser agente de transformação social, por meio do exercício do seu poder de compra, uso e descarte de produtos, de sua capacidade de poder privilegiar empresas que tinham valores outros que não somenteo lucro na sua visão de negócios.  Assim, sociedade civil e empresas passam a estabelecer parcerias na busca de soluções, diante da convicção de que o Estado sozinho não é capaz de solucionar a todos os problemas e a responder a tantas demandas.
É diante desta conjuntura que nasce o movimento da responsabilidade social. Mas esta nova postura, de compartilhamento de responsabilidades, nãoimplica, entretanto, em menor responsabilidade dos governos, ao contrário, fortalece o papel inerente ao governo de grande formulador de políticas públicas de grande alcance, visando o bem comum e a equidade social, aumentando sua responsabilidade em bem gerenciar a sua máquina, os recursos públicos e naturais na sua prestação de contas à sociedade. Além disso, pode e deve ser o grande fomentador,articulador e facilitador desse novo modelo que se configura de fazer negócios.
O Brasil tem sido protagonista desse movimento, tendo elaborado uma Norma Nacional de Responsabilidade Social: a ABNT NBR 16001:2004 Responsabilidade Social – Sistema de gestão - Requisitos, para a qual o Inmetro desenvolveu o Programa Brasileiro de Certificação em Responsabiidade Social.3.Elaboração


No dia 1º de novembro de 2010, foi publicada a Norma Internacional ISO 26000 – Diretrizes sobre Responsabilidade Social, cujo lançamento foi em Genebra, Suíça. No Brasil, no dia 8 de dezembro de 2010, a versão em português da norma, a ABNT NBR ISO 26000, foi lançada em evento na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
Esta norma levou cinco anos para suaelaboração, envolvendo cerca de 450 especialistas de 99 países. O trabalho iniciou em 2001, quando a ISO, Organização Internacional de Normalização, percebeu uma demanda visível e urgente da sociedade referente a uma disciplina de diretrizes nas práticas de Responsabilidade Social, convidou, então, o seu Comitê de Política do Consumidor (COPOLCO) a analisar a viabilidade e o interesse de uma norma...
tracking img