Isa 265

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6448 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Licenciatura em Gestão de Empresas


AUDITORIA


ISA 265
“Comunicar Deficiências no Controlo interno á gerência e autoridades de governação”

Docente: Dr. Orlando Roque


Discentes:
Patrícia Pinheiro











ÍNDICE


Índice 2
Introdução 3
No âmbito da presente ISA 4
Identificação de deficiências no controlo interno 5
Comunicação dedeficiências no controlo interno 6
Aplicação e Outro material explicativo 7
Determinação das anomalias identificadas deficiências significativas Constituir 8
Comunicação de deficiências no controlo interno 10
Comunicação de deficiências significativas ás autoridades de governação 12
Conteúdo da comunicação escrita das deficiências significativas 14
Considerações específicas para entidades do sectorpúblico 14
Alterações propostas 15
Anexo 1 - 16
Atitudes / raciocínios 16
Factores de Risco Resultantes de erros provenientes do Desvio de Activos 16
Anexo 3 - Exemplos de circunstâncias que indicam a possibilidade de fraude 17
Fraqueza Material em Controlo Interno 20
Anexo 2 - Condições e eventos que possam prenunciar riscos de erros materiais 23
Anexo 5 - Matérias necessárias eAdicionais Incluídas na Equipa de Compromisso de Grupo 27
Carta de Instrução 27
CONCLUSÃO 28
BIBLIOGRAFIA 29













Introdução


O IASB (International Accounting standards Board) é a organização internacional sem fins lucrativos que publica e actualiza as Normas Internacionais de Contabilidade IAS / IFRS em língua inglesa.

O IASB foi criado em 1 de Abril de 2001 na estrutura doIASC (International Accounting Standards Committee). Ele assumiu as responsabilidades técnicas do IASC a partir dessa data. A criação do IASB teve o objectivo de melhorar os anteriores pronunciamentos contáveis internacionais (IAS) emitidos pelo IASC.
Actualmente, todos os pronunciamentos contáveis internacionais publicados pelo IASB têm o nome de pronunciamentos IFRS (International FinancialReporting Standard). O novo nome escolhido pelo IASB demonstrou a vontade de transformar progressivamente os pronunciamentos contáveis anteriores (IAS) em novos padrões internacionais do género financeiro, respondendo às expectativas crescentes dos usuários da informação financeira (analistas, investidores, instituições etc.).

O International Auditing and Assurance Standards Board (IAASB),aprovou o projecto de exposição que propõe a Norma Internacional de Auditoria, ISA 265, "Comunicar Deficiências no Controlo Interno” para a sua publicação em Dezembro de 2007. Esta proposta de ISA poderá ser modificada em função das observações recebidas antes de serem emitidas na forma final.











No âmbito da presente ISA

Esta norma internacional de auditoria aborda a questão daresponsabilidade do revisor oficial de comunicar de forma adequada á gerência e aos encarregados de governação práticas com deficiências na governação, em que o auditor de controlo interno identificou numa auditoria das demonstrações financeiras. (ISA 315 (reformulado), "identificar e avaliar os riscos de erros materiais, através do entendimento da entidade e seu meio ambiente ", n º 4, define ostermos" de controlo interno "e" controla ".) Esta ISA não aborda as deficiências em matéria de controlo interno do potencial financeiro dos efeitos que são claramente triviais. (ISA 450 (revista e reformulada), "Avaliação dos erros identificados durante a auditoria," no [A1], descreve o significado de "claramente trivial.")

O auditor é obrigado a obter um entendimento dos controlos internosrelevantes para a auditoria ao identificar e avaliar os riscos materiais (ISA 315 (reformulado) n º 12. Parágrafos A56-A61 fornecer orientações sobre os controlos relevantes para a auditoria.). Ao realizar essas avaliações, o auditor considera o controlo interno, a fim de conceber procedimentos de auditoria que sejam adequados às circunstâncias, mas não com a finalidade de expressar uma opinião...
tracking img