Inventario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2213 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho
de Contabilidade








































INVENTÁRIO GERAL


O inventário geral é um relatório utilizado para conhecer o patrimônio de uma entidade qualquer. Trata-se de um levantamento de bens, direitos e obrigações que integram um determinado patrimônio numadeterminada data, obedecidos certos princípios e convenções, que normatizam sua execução, independentemente da escrituração contábil.

Segundo VERTES(1977), “Entre os instrumentos usados pela Contabilidade, o Inventário Geral é o mais importante, porque através dele podemos apurar o resultado de um exercício, dispensando qualquer auxílio dos Livros de Escrituração. Esse resultado assim apurado, serámais exato, correto e certo possível”.

Ainda, de acordo com este mesmo autor, o inventário geral, no que trata da apuração do resultado do exercício é capaz de substituir o trabalho dos Contadores, isto é tornar desnecessária toda a Contabilidade, no que se refere á apuração dos resultados. Entretanto, não demonstra como o resultado foi obtido, pois as operações ocoridas não sãodemonstradas.de


Princípios gerais dos inventários:

a) instantaneidade – o levantamento deve referir-se a um determinado instante, dia e hora
b) do seu início e término, para todo o patrimônio a que se refere;
c) tempestividade – o levantamento deve ser realizado na data mais próxima possível do evento (motivo) a que se refere, e no menor tempo possível, para evitar manobras, distorções defatos ou situações;
d) integridade – o levantamento deve envolver todos os elementos que são objeto do inventário a que se refere;
e) especificação – o inventário deve especificar cada elemento patrimonial e agrupa-lo de acordo com sua função em grupos homogêneos que efetivamente os represente;
f) homogeneidade – os elementos patrimoniais devem ser apresentados sob medidas uniformes(litros, metros, quilos) e, principalmente, uma única medida de valor (moeda nacional).
g) uniformidade – esse princípio pretende que se mantenha os mesmos critérios, normas e estrutura, para a elaboração de todos os inventários, com a finalidade de assegurar a possibilidade de comparações entre inventários sucessivos.




Estrutura gráfica dos inventários:
O inventário geral éfundamental para identificar o patrimônio da entidade desde o início da escrituração contábil, no balanço de abertura. Ë necessário estabelecer certa organização na apresentação dos diferentes elementos que compõem o patrimônio. Na prática, modelo de ser adaptado à realidade patrimonial e às finalidades específicas do balanço, entretanto, propomos a seguinte estrutura gráfica:
a) cabeçalho – composto dotítulo INVENTÁRIO GERAL, número de ordem do inventário, nome e domicílio da entidade e data do levantamento inventarial;
b) corpo – composto de quatro partes: (1) Valores positivos do patrimônio (bens e direitos que integram o patrimônio naquela data; (2) Valores negativos do patrimônio ( todas as obrigações do patrimônio na data do levantamento; (3)Comparação ( representando o capital próprioda entidade, isto é, a diferença entre os valores positivos e valores negativos, geralmente denominado de patrimônio líquido; (4) Resultado ( a diferença entre o capital próprio inicial e o capital próprio final).
c) Encerramento – constituído da data e assinatura do responsável pelo inventário geral elaborado.
No corpo do inventário os elementos componentes do patrimônio devem serdescritos individualmente, objetivando identificação física e monetária. O modelo sugerido apresenta colunas para o registro das quantidades, do valor unitário, do valor parcial e do valor total dos elementos.
O inventário geral mostra a situação do patrimônio na data em que foi elaborado, revelando um quadro financeiro e econômico estático. No dia seguinte, pelas constantes mudanças...
tracking img