Instrumentos financeiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1203 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTRUMENTOS FINANCEIROS
NOÇÕES GERAIS E DETALHAMENTO DE NOTAS EXPLICATIVAS





























ÍNDICE

1– Introdução

2– Definições

3– Classificação e mensuração de instrumentos financeiros

4– Operações de hedge – Hedge Accounting

5– Informações para as demonstrações financeiras anuais
5.1 – Exemplo de notas explicativas publicadas6– Bibliografia


1 – Introdução

A conversão das normas contábeis brasileiras para atender aos padrões internacionais (International Financial Report Standards – IFRS) tem contribuído para o desenvolvimento do mercado brasileiro. Com esta mudança a utilização dos instrumentos financeiros tem sido cada vez mais frequente.

O uso adequado dos instrumentos financeiros mitiga o risco de algumastransações, melhora os resultados da empresa e pode aumentar sua rentabilidade. Em contrapartida, o uso descuidado de tais instrumentos pode acarretar prejuízos. Estas implicações demonstram que os impactos que as operações com instrumentos financeiros são significativos e precisam de um adequado monitoramento e controle.



2 – Definições

Um instrumento financeiro é um contrato entre duasou mais partes interessadas em um objetivo comum. Tais contratos, e consequentemente os instrumentos financeiros, assumem infinitas formas e não precisam estar escritos.

Um instrumento financeiro é qualquer contrato que dê origem a um ativo financeiro para a entidade e um passivo financeiro ou instrumento patrimonial para outra entidade.

Ativo financeiro é qualquer ativo que seja:
•Caixa;
• Instrumento patrimonial de outra entidade;
• Direito contratual;
• Um contrato que seja ou posa vir a ser liquidado por instrumentos patrimoniais da própria entidade.

Exemplos de ativos financeiros: dinheiro, aplicações em depósitos bancários, contas a receber, empréstimos concedidos a outras entidades.

Passivo financeiro é qualquer passivo que seja:
• Umaobrigação contratual;
• Contrato que será ou poderá ser liquidado por instrumentos patrimoniais da própria entidade.

Exemplos de passivos financeiros: contas a pagar, empréstimos obtidos de outras entidades.

Derivativo é um instrumento financeiro ou outro contrato dentro do alcance do CPC 38 com as três características seguintes:
• O seu valor altera-se em respostas àsoscilações de taxas, índices e preços de mercado;
• Não é necessário qualquer investimento líquido inicial ou o investimento líquido inicial é muito pequeno;
• É liquidado em data futura.


Exemplos de derivativos: contratos a termo, contratos futuros, opções e swaps.



3 – Classificação e mensuração de instrumentos financeiros

As normas brasileiras vigentes definem a necessidade declassificação dos instrumentos financeiros em categorias. A classificação deve ser realizada de acordo com a intenção da empresa em relação ao instrumento financeiro. Pela classificação será determinado também o tratamento contábil a ser seguido para cada instrumento financeiro.

As principais classificações são:
• Ativos financeiros mensurados ao valor justo por meio do resultado (VJPR);• Mantidos até o vencimento (MAV);
• Empréstimos e recebíveis (E&R);
• Disponíveis para venda (DPV);
• Passivos financeiros mensurados ao valor justo por meio do resultado (VJPR);
• Passivos mensurados pelo custo amortizado (PMCA);

Para a mensuração os instrumentos financeiros devem ser avaliados periodicamente e o registro contábil será realizado conforme as normascontábeis vigentes. O método mais comum para definir o valor contábil dos instrumentos financeiros derivativos é o cálculo por meio do método de valor justo.

Caso um instrumento financeiro seja reconhecido previamente como ativo financeiro e posteriormente seu valor justo cair abaixo de zero sua classificação deverá ser alterada para passivo financeiro.

Os cálculos de valor justo são...
tracking img