Indicadores de qualidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1083 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Indicadores de Qualidade
De acordo com o Programa de CQH – Compromisso com a Qualidade Hospitalar mantido pela Associação Paulista de Medicina (APM) e pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP), criado em 1991, com a finalidade de avaliar a qualidade dos serviços prestados aos usuários dos hospitais do Estado de São Paulo e de outros da Federação, temos comoindicadores de qualidade os descritos a seguir.
1.1 - Incidência de Queda de Paciente
Definição: relação entre o número de quedas e o número de pacientes-dia, multiplicado por 1000.
Fórmula para Cálculo:
Incidência de Queda de Paciente = nº de quedas X 1000
nº de pacientes dia

Responsável pelo dado:Enfermagem
Freqüência de Levantamento:
( ) Diário ( ) Semanal ( X ) Mensal ( ) Anual
Dimensão da coleta:
( X ) Todas as unidades da Instituição
( ) Em unidades específicas. Quais? ________________________
Observações:
Queda = situação na qual o paciente, não intencionalmente, vai ao chão ou a algum plano mais
baixo.
• O registro da queda será classificado de acordo com a faixa etária dopaciente. A faixa etária é um dos fatores de risco, porém não influencia no registro de queda e nem na classificação da mesma. As implicações desse registro para a prática da assistência incluem a realização de um protocolo de avaliação de risco, podendo assim ser respaldado pela prescrição de enfermagem;
• O registro da ocorrência deve ser feito imediatamente após a assistência prestada aopaciente;
• Considerar no levantamento os fatores de risco: idade menor que 5 anos e/ou maior que 65 anos; agitação/confusão; déficit sensitivo; distúrbios neurológicos; em uso de sedativos ou pós-sedação; dificuldades de marcha.
.
2.2 - Incidência de Extubação Acidental
Definição: relação entre o número de pacientes extubados acidentalmente e o número de pacientes
intubados por dia, multiplicadopor 100.
Fórmula para Cálculo:
Incidência de Extubação Acidental = nº de pacientes extubados acidentalmente X 100
nº de pacientes intubados / dia

Responsável pelo dado: Enfermagem
Freqüência de Levantamento:
( ) Diário ( ) Semanal ( X ) Mensal ( ) Anual
Dimensão da coleta:
( ) Todas as unidades da Instituição
( X) Em unidades específicas. Quais? UTI de Adultos, UTI Pediátrica e UTI Neonatal
Observações:
Extubação acidental = retirada acidental, ou não planejada, da cânula endotraqueal.
• Os registros de extubações acidentais serão classificados de acordo com as causas/motivos que levaram à ocorrência. Algumas medidas podem ser implementadas para prevenir esse incidente. A extubação somente é indicadaquando o paciente está fisiologicamente capaz de manter respiração espontânea, apresentando controle neuromuscular suficiente para fornecer a ventilação adequada;
• O registro da ocorrência de extubação acidental deverá ser realizado imediatamente após a mesma;
• O número de pacientes extubados deverá ser coletado diariamente a partir da zero hora;
• Considerar fatores de risco:agitação/confusão; manuseio do paciente; fixação inadequada; pressão do cuff; obstrução da cânula e intubação seletiva.

1.3 Incidência de Perda de Sonda Nasogastroenteral para Aporte Nutricional

Definição: relação entre o número de perdas de sonda nasogastroenteral (NGE) e o número de pacientes com sonda nasogastroenteral por dia, multiplicado por 100.
Fórmula para Cálculo:
x 00
Incidência de Perda de Sondapara Aporte Nutricional = nº de perdas de sonda nasogastroenteral X100
nº de pacientes com sonda nasogastroenteral / dia

Responsável pelo dado: Enfermagem
Freqüência de Levantamento:
( ) Diário ( ) Semanal ( X ) Mensal ( ) Anual
Dimensão da coleta:
( X ) Todas as unidades da...
tracking img