India

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6067 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
India

Feira Cultural 2012

Educação no mundo

Educação na Índia

Professora: Maria Regina

Grupo 1: Monastérios

Bruno Pelichek Lopes nº 07
Erick Florentino Mendes nº 09
Gabriel Guimarães Martins nº 11
Guilherme Silveira Soares nº 15
Jorge Henrique de Paula nº 17
Leonardo Caxias de Moura nº 18Lucius Pereira Perez nº 22

Grupo 2: Colonização da Índia

Ana Flavia nº 02
Beatriz Fernandes Marcondes nº 04
Beatriz Lopes Alexandre nº 05
Fernanda Santana Matos nº 10
Gabrielle Amorim Ramos nº 14
Juliana de Paula Ribeiro nº 36
Yasmin Aparecida TrevisanTeixeira nº 33

Grupo 3: Descolonização da Índia

Gabriel Nacimento Gome nº 12
Letícia Paula dos Santos Silva nº 19
Mayara Soares Putumuju Ribeiro nº 24
Mirella Rodrigues Mascarenhas nº 35
Victor Augusto Cassiano Oculatte nº 30

Grupo 4: Educação na atualidade

Alisson Alex Quispe nº 01
Daniela Florindo Duramnº 08
João Pedro Tavares Silva nº 16
Lucas Amorim de Lima nº 20
Mariana Chaves Moura nº 23
Natália Ferreira de Souza nº 25
Nicholas Valadão Campos nº 26
Vinicius Lucas Silvestre nº 31

Introdução

A Índia é o país que mais se desenvolveu economicamente nos últimos anos, e também tem sedesenvolvido tecnologicamente produzindo mão de obra altamente qualificada, porém seu setor educacional só começou a evoluir nos últimos 10 anos em um processo lento que vem unido a cultura do país e sua religião.

A educação na Índia teve que se reestruturar já que antes da colonização britânica seu método de ensino visava evoluir o ser humano filosoficamente e mentalmente, após adescolonização foi introduzido o método ocidental onde se prepara a pessoa para ganhar dinheiro, o povo indiano é muito ligado a questão religiosa e as castas altas sempre foram privilegiadas, como se acredita que cada casta representa um parte do corpo de um dos deuses da mitologia Hindu, um exemplo disso é a educação, as castas baixas sempre tiveram pouco ou nenhum acesso a educação dentro de um pais com umdos maiores índices de analfabetismo no mundo, os gênios e intelectuais são formados nas castas alta enquanto os trabalhadores que formam o setor terciário da economia vem de castas inferiores, portanto o pais nunca havia se preocupado com a educação publica já que os ricos pagavam pelo ensino dos filhos, a saída encontrada pelo governo para capacitar rapidamente as pessoas de castas inferiores eleva-los ao mercado de trabalho foram as Universidades Corporativas e Escolas de Transição.

A partir do período onde a educação era ministrada em monastérios será exposto o desenvolvimento educacional na Índia e a participação de fatores externos como dança, cinema e gastronomia.

Gurukul: educação dos monastérios.
A educação de forma organizada na Índia, em seus primórdios, utilizava osistema Gurukul, um dos mais antigos de todo o planeta e dedicado totalmente ao desenvolvimento humano por completo: físico, mental e espiritual. Gurukuls eram tradicionais escolas Hindus de ensino, seu local era na casa de um mestre ou em um monastério. O ensino era gratuito, mas os alunos de famílias mais afastadas e pobres pagavam com trabalho voluntário após a conclusão de seus estudos(Gurushina).
Um Gurukul funcionava de acordo com características de colégio interno, estudantes viviam com seu mestre/professor por um longo tempo dentro da casa. Dentro do local de ensino, os estudantes vivem como iguais. Eles aprendem com o Guru e também ajudam o Guru em sua vida cotidiana, incluindo limpar sujeira ou pequenas tarefas tais como lavar roupas, cozinhar, etc.
Ao entrar em uma...
tracking img