Inconsciente coletivo e feminino sombrio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2834 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO

O presente artigo tem como objetivo, apresentar o conceito de feminino sombrio do inconsciente coletivo de modo a tornar possível a observação das diversas formas de manifestação deste arquétipo na sociedade atual e verificar a possível influencia desta manifestação como barreira ao processo de individuação.
Para que tal artigo fosse elaborado fez-se necessário estruturá-lode modo a buscar esclarecimento sobre o arquétipo em questão afim de tornar possível sua assimilação aos padrões comportamentais presentes na sociedade e para tal foi pesquisada bibliografia referente ao tema.
Segundo Carl Jung (JUNG, 2002) o inconsciente coletivo seria a camada mais profunda da psique, este seria composto por materiais e conteúdos herdados pela humanidade e passados degeração para geração. Conteúdos estes que seriam comuns a todos, independente de origem, crença, ou nacionalidade.
O conceito de feminino sombrio seria a manifestação de um dos arquétipos presentes em nosso inconsciente coletivo que tem por simbolismo do mito de Lilith (SICUTERI, 1998).
A escolha do tema foi feita em consideração a dois motivos , primeiramente o fato de tal arquétipo ser umaevidencia na sociedade e nas formas de comportamento feminino observáveis e segundo pela influência do coletivo no processo de desenvolvimento individual.
Para o desenvolvimento deste artigo foi necessário realizar análise e comparação da bibliografia encontrada afim de tornar possível a compreensão do fenômeno de que se trata e posterior exposição do mesmo.

2. DESENVOLVIMENTO

2.1INCONSCIENTE (COLETIVO E PESSOAL)

Para Psicologia analítica a psique teria o self como centro da personalidade do sujeito e seria composta por sistemas que agem de forma conjunta.
Os sistemas principais dessa composição seriam o ego, o inconsciente pessoal e seus complexos, o inconsciente coletivo e seus arquétipos ( anima, o animus, persona e sombra),as atitudes de introversão, extroversão e asfunções de pensamento, sentimento, sensação e intuição.
Self: Seria ao mesmo tempo o centro e o todo que envolve o inconsciente e o consciente. A centralização desta totalidade.
Ego: Seria o centro do consciente, o que oferece caminho a nossa vida consciente.
Anima x Animus: São estruturas do consciente em representação a sexualidade oposta a do individuo. Anima estaria presente no homem e animusna mulher.
Introversão x Extroversão: Seriam as atitudes centrais dos indivíduos. Um individuo pode ser orientado para seu interior( Introversão) ou para o exterior( Extroversão). Porém, nenhum sujeito é plenamente orientado para uma das atitudes, geralmente oscilamos entre ambas de acordo com a conveniência para o sujeito
Pensamento x Sentimento, Sensação x Intuição: São funções psicológicasque podem ser vivenciadas tanto de forma extrovertida quanto na forma introvertida. Pensamento/ sentimento seriam importantes no momento decisório e sensação/intuição seriam relativas a forma como adquirimos conhecimento e informação.
Persona: É a forma como nos apresentamos ao mundo, a forma como nos colocamos
Sombra: É o centro do inconsciente pessoal, que é constituído dos componentes queforam rejeitados pela persona, geralmente os componentes que não se adéquam ao padrão social desejado pela persona.

O Inconsciente pessoal que foi amplamente debatido por Freud (ROZA,1996) e posteriormente por seus seguidores, tornou-se conhecido como detentor dos conteúdos reprimidos ou recalcados do consciente pessoal, conteúdos estes voltados geralmente para as questões sexuais.
Apsicologia analítica considera que o inconsciente não se restringe aos componentes de origem sexual e acredita que o mesmo seria composto por material reprimido do consciente, porém também estariam presentes as percepções que não possuem quantitativo enérgico suficiente para emergir a consciência e exercer influencia sobre a mesma.
No inconsciente pessoal também estariam presentes segundo Jung...
tracking img