Imagens na publicidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3224 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIrevista - Vol. 1, n° 3 : (julho 2006)

ISSN 1809-4651

Imagens na publicidade:
significações e persuasão
Juliana Petermann
Mestre em Estudos Lingüísticos
jupetermann@yahoo.com.br
UFSM, RS

Resumo
A publicidade, como uma prática social persuasiva, coloca em uma situação de comunicação um produtoranunciante e um leitor-consumidor, utilizando-se de textos verbais e não-verbais. Noentanto, muitas vezes as
imagens na publicidade passam despercebidas e é nesse sentido que se objetiva nesse trabalho testar a
metodologia de análise de imagem proposta por Kress e van Leeuwen (1996) em anúncios publicitários,
verificando como se dá a interação entre anunciante e consumidor.
Palavras-chave: Publicidade, Persuasão, Imagem.

Introdução
A publicidade enquanto uma prática socialpersuasiva, que busca o condicionamento do homem a um
determinado fazer, organiza seus textos principalmente através de imagens, sons e de textos, entre os
quais circulam sentidos determinados. Assim, que podemos dizer que o texto publicitário é formulado a
partir de textos verbais (escritos ou falados) e não-verbais (imagens, sons, cheiros, texturas), sendo que tal
característica permite queseja considerado como um texto multimodal (Kress e van Leeuwen, 1996), que
combina diferentes códigos semióticos. De forma geral, é possível inferir, de acordo com os autores citados
acima, que toda comunicação social é multimodal: uma combinação de gestos, falas, cores, cheiros e
posturas.
Uma situação de comunicação exige que seus participantes elaborem seus textos da maneira maiscompreensível em contextos determinados (Kress e van Leeuwen, 1996), assim, os argumentos e modos de
dizer são selecionados para que os sentidos depreendidos pelo leitor, a partir do texto, sejam o mais
próximo possível daqueles que partiram da mente do autor. Se esta é uma situação convencional em todos
os textos que circulam no dia-a-dia, é possível indicar que essa seleção de elementos e argumentos éainda
mais perceptível em textos publicitários, já que, além de uma compreensão, buscam também uma
persuasão.
Como mensagem, que coloca seres humanos em uma relação de comunicação, ainda que não face-a-face, o
texto publicitário exige, além de uma compreensão, também a sedução do leitor. É por esse motivo que os
elementos verbais e não-verbais, dispostos em um anúncio, são permeados deestratégias de persuasão,
que na maioria das vezes passam despercebidos pelo leitor-consumidor. É com o intuito de valorizar uma
1

Imagens na publicidade: significações e persuasão
Juliana Petermann

forma crítica de percepção dos textos não-verbais da publicidade que se formula como objetivo principal
desse trabalho a análise das imagens que compõe anúncios publicitários impressos, investigandoas
estratégias de persuasão que o produtor do texto, consciente ou inconscientemente, formulou com a
intenção de capturar a atenção e seduzir seu leitor. Uma análise que pretende, ainda, testar gramática do
design visual como ferramenta metodológica em estudos da imagem.
Se as estratégias que circulam entre os elementos verbais ainda passam despercebidas pelos leitores, é
provável que aindamais discretos sejam os elementos de persuasão que estão imbricados nos elementos
não-verbais, mais especificamente, nas imagens. Isso porque o ser humano é alfabetizado para ler textos
escritos, e posteriormente, interpretá-los, mas com relação aos textos não-verbais não existe a exigência de
alfabetizado, acreditando-se que a interpretação desses deva ocorrer de forma natural, seminterpretações e
sem questionamentos. Dessa forma, é uma transformação nos termos da valorização dos elementos e
textos visuais, a partir da definição de uma estrutura de análise crítica, que autores, como por exemplo,
Kress e van Leeuwen (1996) e Dondis (1980), propõem e que é legitimada neste trabalho, por meio da
análise de textos publicitários multimodais.

Metodolologia
Assim como se aprende...
tracking img