Ieri

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Católica de Brasília
Curso: Relações Internacionais
Disciplina: Introdução ao Estudo das Relações Internacionais Turma: MMA
Professores: José Romero Pereira Júnior
Grupo (até 03 estudantes):






Exercício de fixação

1) Partindo das discussões realizadas em sala e das considerações apresentadas por Russet em seu texto, analise a decisão de políticaexterior tomada pelo Brasil constante do texto abaixo, destacando, em sua resposta, os principais aspectos tratados por Russet em cada um dos níveis de análise por ele apresentados, bem como sua relação com a decisão abaixo descrita. Identifique em sua resposta os atores envolvidos na questão abaixo.

Lula propõe que União antecipe cota do Fundo de Combate à Pobreza - Agência Estado (28/02/2006)Brasília - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai enviar projeto de lei ao Congresso Nacional para autorizar que a parcela de recursos que caberá ao Brasil no Fundo Mundial de Combate à Fome e à Pobreza saia dos cofres da União, enquanto não for autorizada a cobrança de uma tarifa adicional sobre os preços das passagens aéreas internacionais no País. Essa decisão foi antecipada pelo presidentena mensagem que enviou hoje para a primeira sessão da Conferência de Paris sobre Fontes Inovadoras de Financiamento.
A proposta de criar uma "contribuição solidária" sobre as tarifas aéreas internacionais para alimentar o Fundo Mundial foi aprovada durante a reunião ampliada do G-8 (as sete economias mais ricas do mundo, mais a Rússia) em Evian (França), em 2003, para a qual o Brasil foiconvidado. A sugestão partira do presidente francês, Jacques Chirac, anfitrião também do encontro iniciado hoje em Paris e um dos aliados de primeira hora à idéia do presidente Lula de criar o fundo de combate à fome e à pobreza em escala mundial, como meio de tornar viável a meta das Nações Unidas de redução da miséria pela metade até 2015.
Na sua mensagem, o presidente Lula reiterou o compromisso deseu governo de cobrar a "contribuição solidária sobre as passagens aéreas" e informou que já foram tomadas as medidas para a "sua adoção definitiva". Porém, esquivou-se de indicar o prazo para a aplicação do novo tributo no País. Mais assertivo, o governo francês marcou o início da cobrança da tarifa para 1º de julho deste ano, apesar da oposição das companhias aéreas, em especial da Air France."Até que essas medidas (para a cobrança da tarifa sobre passagens aéreas) estejam em vigor, contribuiremos por meio de fundos orçamentários, correspondentes à receita que se espera obter com tal mecanismo", informou Lula. "Nesse sentido, um projeto de lei será submetido muito proximamente ao Congresso Nacional", completou.
Em sua mensagem aos participantes da Conferência de Paris, o presidentedestacou que a realização desse evento é uma "prova de que a persistência pode vencer a inércia e o ceticismo" em relação às metas de redução da fome e da miséria e também indica que os "esforços conjuntos podem levar-nos além das palavras e das boas intenções". Mas o presidente não mencionou nenhuma justificativa para sua ausência no encontro, no qual participam outros de seus aliados na campanhamundial de combate à fome, como o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Kofi Annan, e representantes de 95 países e de 40 organismos internacionais.
Remédios
O presidente Lula ainda deixou claro que o Brasil apoiará a criação de uma Central Internacional de Compra de Medicamentos, com o objetivo de facilitar e reduzir os custos de compras de remédios por países mais pobres, sobretudoas drogas para o tratamento de enfermidades como a aids, a malária e a tuberculose. Lula afirmou que o Brasil também apoiará a criação do Mecanismo Internacional de Financiamento da Imunização, orientado para o controle de doenças por meio da vacinação em massa.
Lula ainda valeu-se de sua mensagem para destacar "o êxito dos programas que implementamos no Brasil", sem entrar em detalhes. Insistiu...
tracking img