Idosos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3595 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO



INTRODUÇÃO: O Brasil vem passando atualmente por uma grande mudança no seu perfil demográfico com um incremento intensivo do número tanto absoluto como relativo de idosos. Este quadro se deve a uma crescente queda de fecundidade, ocorrida concomitantemente com o aumento da expectativa de vida. (MOIDANO apud VERAS, 1994). Apesar dos esforços despendidos para garantir uma velhice cadavez mais ativa e saudável, a maioria dos idosos experimenta alguma fragilidade nessa fase. As doenças aparecem e em conseqüência destacam-se em tempo maior de internação hospitalar onde a recuperação é mais lenta e é grande o número de invalidez, pois o custo do tratamento é muito alto. À medida que a população envelhece os sistemas de saúde já não conseguem atender a demanda, e precisam seadaptar a fim de conseguir prestar os cuidados adequados e, ao mesmo tempo, manter a estabilidade financeira. Diante desse contexto, o objetivo do presente estudo é levantar o perfil demográfico da população idosa no Brasil, destacando suas principais doenças e as dificuldades no acesso aos serviços de saúde. METODOLOGIA: Revisão de literatura na qual foram feitas consultas a artigos científicos eprojetos já publicados, análise dos indicadores construídos a partir de diversas fontes de informação produzidas pelo IBGE, tais como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, de 1995 a 1997, a Pesquisa sobre Padrões de Vida, de 1996/97 e a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa, Portaria GM/MS 2528, de 19 de outubro de 2006. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A situação social da pessoa idosa no Brasil éboa, mas revela a necessidade de discussões mais aprofundadas sobre como lidar com o crescimento dessa parte da população e também suas relações com a família e a sociedade. É preciso formar profissionais capacitados para atender os idosos, não só na área da saúde como também educadores, na necessidade de unidades de saúde preparadas e na mudança de comportamento dos idosos diante de doenças,junto às famílias, visando à melhoria da qualidade de vida.


Palavras chave: Idoso, qualidade de vida, principais doenças







SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO...........................................................................................................
2 OBJETIVOS...............................................................................................................
3OBJETIVOS GERAIS ................................................................................................
4 JUSTIFICATIVA........................................................................................................
5 METODOLOGIA........................................................................................................
6 DESENVOLVIMENTO............................................................................................
6.1 Conceito de Idoso...........................................................................................
6.2 Perfil Demográfico do Idoso no Brasil........................................................
6.3Morbidade......................................................................................................
6.4 Condições dos Centros de saúde..................................................................
6.5 Idoso Atual.....................................................................................................
7 CONCLUSÃO................................................................................................................
8 REFERENCIALBIBLIOGRÁFICO..............................................................................





























1 INTRODUÇÃO

A organização mundial de saúde define como idosas as pessoas com mais de 60 anos nos países em desenvolvimento e com mais de 65 anos nos países desenvolvidos. No Brasil também não é diferente, uma pessoa é considerada idosa a partir dos 60...
tracking img