Idoso e o consequente abandono

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (513 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
IDOSO E O CONSEQUENTE ABANDONO



Atualmente os profissionais do direito tem se deparado com situações de verdadeira exclusão social, senão dizer de total desamparo moral e material.



Nosreferimos aqui ao idoso, pessoa esta que foi praticamente excluída do direito de família, alias sequer existe sua menção na lei.



Muita tem-se discutida sobre a metamorfose do direito de famíliae do advento de novas leis e sua alterações, todavia tais transformações nesta área do direito, muitas vezes abrange divórcio,separação, união estável, concubinato entre outros, porém o idoso sequer écitado.


 



Notadamente, o idoso faz parte da família, e como tal, deve ter tratamento equiparado.



Pois bem, o tratamento digno, é previsto em nossa Carta Magna, e não faz ressalvasquanto a faixa etária. Nesta linha de raciocínio frisa-se que a velhice é sinal de amadurecimento ou como define os Indianos “ É sinal de sabedoria” E NÃO DE INCAPACIDADE OU INVALIDEZ.



A muito,o idoso tem perdido sua autonomia e isto ocorre por culpa exclusiva da inversão de valores, pela desvalorização da celula familiar, pela desestrutura do vinculo paternal e maternal.



Ora, oidoso precisa sem sombra de dúvidas ser assistido, mas referida assistência não pode transformasse em imposição e ditadura.



Privar o idoso do convívio familiar e em sociedade é o mesmo queengessa-lo as pernas e a vida, é comparar sua vida a de um inválido, o que não pode ocorrer.



É fácil observar, que muitas famílias sob o inverídico pretexto de proteção ao idoso, chegam aexpropria-los de seus bens e seu poder de decisão e até de sua aposentadoria.



O abandono, por sua vez também é algo repugnante e muitas vezes acarreta estigmas de difícil reparação. Não basta, simplesmenteesquecer que o idoso é parte integrante da família e o inserir nas famosas “CASAS DE REPOUSO”, com o fim de fugir da realidade, tal conduta é reprovável e desleal.



A prova do descaso com os...
tracking img