Identificando as identidades nas teorias organizacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1664 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo
O objetivo deste ensaio é focar o elemento identidade nas diversas abordagens das Escolas Administrativas perpassando pela Teoria Clássica à Teoria dos Sistemas Abertos. Para tanto, foram aplicadas idéias sobre quatro tipos de identidades: pessoal, social, no trabalho e organizacional.

Introdução
A identidade, fenômeno pessoal e social, está sempre em construção através de umarelação dialética entre o individuo e os grupos dos quais faz parte, pode ser observada em diferentes contextos. Desde a célula individual onde existe a tentativa da construção do ser humano de seu próprio conceito, e das relações sociais, seja numa organização ou qualquer espaço coletivo onde o conceito de si deverá ser vinculado aos outros participantes de tal coletivo.
No trabalho de Machado eKopittke (Encontro de Estudos Organizacionais, 2., 2002, Recife. Anais) encontramos a identidade em quatro momentos descritos a seguir que introduzirá a idéia no sentido de dar enfoque ao tema frente às Teorias Clássicas, Escola de Relações Humanas, Motivação e Liderança, Processo Decisório, Estruturalismo e Burocracia e Teoria dos Sistemas.
A Identidade Pessoal constitui um permanente desafio doindivíduo no sentido de encontrar o equilíbrio entre aquilo que você é e o que esperam que você seja. Para que se obtenha sucesso na edificação de uma identidade, é necessária a construção de limites bem estabelecidos entre a individualidade e os grupos dos quais faz parte.
A Identidade social está constituída das representações que os indivíduos desenvolvem ao fazer parte de um grupo, ou comose porta diante dos coletivos dos quais não fazem parte. Frente a essas representações, barreiras são estabelecidas e códigos são criados para consolidar e definir as regras para firmação dos grupos. Em determinado momento de coesão grupal a identidade do indivíduo com aquele coletivo é tão forte que se expressa no sacrifício de sua vida pessoal, de recursos, e o objetivo do grupo passa a ser,determinados momentos os seus.
Ainda na perspectiva da identidade social, há a experiência de construção de identidade no ambiente de trabalho, esta é determinada a partir das funções desenvolvidas pelos indivíduos em suas organizações, submetidas às relações de poder hierárquico. De modo como se dará esta experiência, mais ou menos autoritária, os indivíduos poderá apresentar maior dependência ouautonomia diante da organização. Outra forma de construção de identidade é a Organizacional neste nível a identidade pessoal e social é projetada a uma institucionalidade. A organização se mostra presente no imaginário dos indivíduos através de sua cultura, dos processos de produção definidos e das relações de poder instituídas e este conjunto parece fazer parte de própria identidade do indivíduo.Diante das elucidações acerca dos tipos de identidade, podemos caminhar para a reflexão desse fenômeno nas Teorias Organizacionais.

As Teorias e a Identidade
Na Teoria clássica, que detém sua estrutura de análise nos aspectos internos e estruturais, e tem como características a busca da administração como ciência, desenhou a visão do Homo Economicus onde o ser humano era consideradoprevisível e controlável. Outras características como os estudos de Taylor com tempos e movimentos; a busca da melhor maneira de se realizar o trabalho; a divisão do trabalho como condição necessária para a produção de mercadoria; a impessoalidade nas decisões e a racionalização de todos os processos e relações, aponta para a construção de uma identidade baseada numa estrutura hierárquica rígida onde adependência dos empregados lhes impõem dificuldades de oposição aos seus superiores, os remetendo a interpretações imaginárias. Desta forma, a identidade com o trabalho e a organização praticamente inexiste, ficando nas fantasias individuais a tentativa de encontrar quem ele realmente é.
Na Escola de Relações Humanas, não diferente da Teoria Clássica no que se refere à maximização da...
tracking img