Identidade e cultura surda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
No decorrer da história, o surdo sempre foi considerado um ser inferior, incapaz, em relação as outras pessoas, pois lhe faltava o que era mais importante para viver em sociedade, o essencial parafazer parte do grupo de pessoas normais, faltava-lhe a fala. Sem ela, era considerado impossibilitado de expressar-se, aprender, demonstrar algum sentimento, não era ninguém.


Alíngua de sinais não era vista com bons olhos, não passava de mímicas, sem valor na comunicação entre as pessoas.
Ainda hoje a exclusão profissional e social dos surdos confirma que a linguagem pode serfonte de discriminação e de organização social restritiva. Essa discriminação não ocorre apenas quando há diferenças de cor, religião, nacionalidade ou situação econômica. A linguagem oral é a grandediferença que distingue surdos dos ouvintes. Por isso defender e proteger o uso da língua de sinais significa para o Surdo, mais que uma auto-suficiência e o direito de pertencer a um mundoparticular, é a proteção dos traços de humanidade, daquilo que faz um homem ser considerado homem: a linguagem.
A luta pela inclusão é uma forma de garantir o afastamento da anormalidade e a aproximaçãodas minorias normais embora diferentes.
A educação oferecida aos Surdos tem enfatizado demasiadamente o ensino da fala como um meio de devolução da humanidade. Concentrados nesta tarefa, oseducadores esquecem a verdadeira importância da formação da identidade e cultura surda para o Surdo, perdendo a oportunidade de formar cidadãos críticos, deixando assim, de trabalhar o sentido real doconceito de justiça, que busca a igualdade sem, entretanto, eliminar as diferenças. A aquisição de uma língua, e de todos os mecanismos relacionados a ela, faz com que se credite à língua de sinais acapacidade de ser a única capaz de oferecer uma identidade ao Surdo, seu direito de ser Surdo.
A língua e a cultura são duas produções paralelas e, além disso, a língua é um recurso na produção...
tracking img