Historicidade de bangu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2957 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Bangu e sua história: Um bairro de tradição
A origem do nome Bangu:
Existem duas versões: no Tupi, Bangu significa Anteparo Negro ou Paredão Negro, o que pode estar relacionado com a Serra de Bangu.
Já os que defendem uma origem Africana, estaria na palavra!”Bangüê” que é o local reservados nas fazendas e engenhos, para guardar o bagaço da cana de açúcar depois de moída.Esse bagaço era usado para alimentar o fogo das fornalhas que produziam aguardentes ou doces.
Mesmo com duas possíveis origens para o significado da palavra Bangu, ambas são relacionadas com o local, seja no ponto de vista geográfico, seja no sócio- econômico- cultural. E dentro desse contexto, contaremos a história do surgimento desse bairro tão tradicional.
O bairro deBangu, na zona oeste tem sua historia iniciada em 1673 em seus 4.535km2, a partir da fundação da Paróquia de nossa senhora do Desterro de Campo Grande, uma capela particular na propriedade de Manoel Domingues. Foi iniciada então a primeira atividade econômica na região da zona oeste, com a fundação do Engenho da Serra.
A Mão de obra - de- obra escrava era responsável pela lavoura decana de açúcar, pela produção de engenho e pelo transporte até o Porto de Guaratiba, que era habitada por posseiros, rendeiros, homens livres que também produziam cana e outros gêneros alimentícios e na criação de animais. Até então, havia grandes espaços vazios e era baixa a ocupação territorial, fato esse que não havia disputas dos limites de propriedades, que eram estabelecidas pelos própriosvizinhos.
Porém, em função do crescimento e da farta produção de açúcar, álcool, a fazenda do Engenho da será passou a ser alvo de disputas e rivalidades, o que gerou o assassinato do seu dono. Após esse trágico fato, a fazenda teve diversos proprietários, porem, foi Dona Ana Francisca referente de Castro e Miranda, a primeira a usar o nome Bangu em documentos oficiais referentes ápropriedade.
Com a decadência da economia cafeeira nos fins do século XIX, levando os grandes agricultores a transferirem seu capital acumulado aliado ao capital estrangeiro, na obtenção de investimentos mais lucrativos: com investimentos nas infra-estruturas das cidades (redes de esgoto, água, luz), no sistema de transporte (bonde e trem) e principalmente nas indústrias.
Foiatravés deste contexto, que em 1889, que foi constituída a “Companhia Progresso Industrial do Brasil, de indústria têxtil. - A Fabrica de tecidos Bangu.” O primeiro presidente foi comendador. Estevão José da Silva, o local para sua instalação foi escolhido porque havia terrenos com cachoeiras e água o suficiente para o funcionamento da fábrica, foi o mesmo local onde se localizava a Fazenda Bangue, logo no ano seguinte, a parada de trem, atrelada pela presença da própria fabrica, atendendo suas necessidades que correspondiam os dois lados da linha férrea, abrangendo uma área de cerca de 40 quilômetros quadrados.
1891 – o primeiro apito na chaminé da fábrica Bangu, foi dado em 12 de fevereiro de 1891, e por este motivo, uma Rua de Bangu foi homenageada com esse nome: Rua 12 de FevereiroA Companhia logo iniciou a construção do conjunto fabril, que na época em toda região havia apenas uma rua, a Estrada Real de Santa Cruz, porem após 1900, a companhia intensificou a abertura de novas ruas com nomes relativos às profissões e seções da fábrica, como Rua das Cardas, dos Tintureiros e dos tecelões. Á medida que a produção de tecidos crescia, e com a chegada de novosoperários arrendou terrenos a construção de mais moradias para os seus operários. O restante das terras foram alugadas ou exploradas por terceiros, para o cultivo de laranja, banana e hortaliças.
Com pleno desenvolvimento, pelo surto manufatureiro da indústria têxtil, o que beneficiou a fábrica, cuja produção aumentava e se diversificava, favorecendo a região. Consta em material publicado...
tracking img