Historia positivista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1084 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
POSITIVISMO e HISTÓRIA TRADICIONAL/POSITIVISTA
O positivismo é uma corrente filosófica que surgiu na França no começo do século XIX especialmente pelo filósofo Augusto Comte (1798-1857). Esta escola filosófica ganhou força na Europa na segunda metade do século XIX e começo do XX, período em que chegou ao Brasil.
O positivismo defende a idéia de que o conhecimento científico é aúnica forma de conhecimento verdadeiro. De acordo com os positivistas somente pode-se afirmar que uma teoria é correta se ela foi comprovada através de métodos científicos válidos. Os positivistas não consideram os conhecimentos ligados as crenças, superstição ou qualquer outro que não possa ser comprovado cientificamente. Para eles, o progresso da humanidade depende exclusivamente dos avançoscientíficos. O positivismo teve muita influência na literatura.
Os positivistas abandonaram a busca pela explicação de fenômenos externos, como a criação do homem, por exemplo, para buscar explicar coisas mais práticas e presentes na vida do homem, como no caso das leis, das relações sociais e da ética. Para Comte, o método positivista consiste na observação dos fenômenos, subordinando a imaginaçãoà observação. O fundador da linha de pensamento sintetizou seu ideal em sete palavras: real, útil, certo, preciso, relativo, orgânico e simpático. Comte preocupou-se em tentar elaborar um sistema de valores adaptado com a realidade que o mundo vivia na época da Revolução Industrial, valorizando o ser humano, a paz e a concórdia universal. O positivismo teve fortes influências no Brasil, tendo comosua representação máxima, o emprego da frase positivista “Ordem e Progresso”, extraída da fórmula máxima do Positivismo: "O amor por princípio, a ordem por base, o progresso por fim", em plena bandeira brasileira. A frase tenta passar a imagem de que cada coisa em seu devido lugar conduziria para a perfeita orientação ética da vida social. Influenciou escritores naturalistas como Aluísio deAzevedo e Raul Pompéia. Embora o positivismo tenha tido grande aceitação na Europa e também em outros países, como o Brasil, as ideias de Comte foram duramente criticadas pela tradição sociológica e filosófica marxista, com destaque para a Escola de Frankfurt.
Fustel de Coulanges também francês foi o primero historiador a escrever a história dentro dos princípios positivistas. Para ele a história deveser estudada sem considerar a participação humana, apurando somente os fatos, pois a opinião externa alterava a história e eliminava sua legitimidade, caso isso ocorresse a pesquisador produziria uma conhecimento falo e mentiroso por se basear nos sentidos e na avaliação de um ser passível de erros e que não possui a exatidão da verdade histórica. Assim a abordagem positivista reduz o papel dohomem a mero coletor de informações e fatos presentes nos documentos “os fatos históricos falam por si mesmo” escreveu Coulanges.
A história tradicional caracteriza-se assim por uma história factual, eminentemente político-militar e estruturada em torno dos próceres da pátria. É uma história com um restrito universo de objetos e periodizações, presa ao documento escrito e preferencialmenteoficial, teoricamente difusa (mas fundadora de cânones metodológicos, cujo resultado final está na glorificação da política e do indivíduo importante (nem tudo é história). Trata-se ainda de uma história de classe, que interessa ao grupo que está no poder do Estado por um tempo significativo, que produz ideologia (também em forma de história oficial) e que confronta-se com questionamentos de outra(s)classe(s) emergentes.
Essa ligação umbilical com a classe conservadora explica o caráter factual dessa história, que, via de regra, coincide com a história oficial, e existe para a justificação das obras da classe dominante: as batalhas, o processo político, os próceres, a nação. Grosso modo, essa história não precisa de uma filosofia que a organize: o recorte político e a cronologia dão-lhe a...
tracking img