Historia de watson

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1363 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso de Psicologia






A Biografia de Watson










Caxias do Sul

2011










A Biografia de Watson





Trabalho sobre a vida e obras de Watson apresentado à Faculdade da Serra Gaúcha – FSG, como parte das exigências do Curso de Psicologia para aprovação na disciplina de Teorias e Sistemas em Psicologia IIIProf. Claudia Medeiros de Oliveira

Caxias do Sul
2011
SUMÁRIO


1 INTRODUÇÃO 4
2 A Biografia de Watson 5,6,7
3 CONSIDERAÇÕES FINAIS 8
REFERÊNCIAS 9

INTRODUÇÃO

Neste trabalho, apresentaremos a biografia e obras de John B. Watson, onde constam relatos polêmicos de sua vida familiar e acadêmica. Apresentaremos também as suas principais contribuições para aPsicologia, relatando suas pesquisas, dentre estas, uma de suas mais famosas, a do pequeno Albert e o coelho branco, que até hoje é mencionada em livros básicos de psicologia.


























A Biografia de Watson

Jonh Broadus Watson, nasceu em um sítio próximo a Greenville, na Califórnia do Sul, onde freqüentou os seus primeiros anos de estudo em uma escolaque tinha apenas uma sala de aula. A mãe era muito religiosa, o pai bebia muito, era violento e mantinha muitos relacionamentos extraconjugais. Não tinha emprego fixo, por isso a família vivia à beira da pobreza, vivendo somente da produção do sítio. Quando Watson tinha 13 anos, seu pai fugiu com outra mulher e nunca mais voltou. Watson nunca o perdoou por isso, anos mais tarde quando se tornourico e famoso seu pai o procurou, mas ele não o quis vê-lo.
Quando era pequeno e também adolescente Watson era considerado delinqüente, sempre disposto a discussões. Duas vezes envolveu-se em brigas e foi preso. Aos 16 anos matriculou-se na Furman University, em Greenville, afiliada a igreja Batista, disposto a tornar-se pastor, como havia prometido a mãe. Em 1899, sua mãe falece, ficando elelivre da promessa de se tornar pastor. Em vez de ir para o seminário Teológico foi para a University of Chicago, onde chegou com apenas 50 dólares no bolso. Escolheu a university of Chicago para realizar sua pós- graduação em filosofia com Jonh Dewey, mas sentia dificuldade para entender as aulas. “Jamais compreendia o que ele estava falando”,relembrou Watson, “ e infelizmente para mim, atéhoje não entendo”( Watson,1936,p.274). Devido a isto Watson se sentiu atraído pela Psicologia.
Em 1903, com 24 anos, ele completa o doutorado em ph.D. No mesmo anos casa-se com uma de suas alunas, Mary Ickes, de 19 anos pertencente a uma importante família do meio político e social.
Watson permaneceu até 1908 como professor na University of Chicago. Publicou a dissertação sobrematuração psicológica no rato branco, pesquisa que revelava sua preferência pelo uso de animais em pesquisas. Neste mesmo ano recebeu uma proposta tentadora da Jonhs Hopkins University para lecionar, em Baltimore. A promessa de promoção, salário atrativo e a chance de dirigir um laboratório não o deixaram outra opção.
Após um ano do ingresso de Watson na Hopkins, James Mark Baldwin, o psicólogo quehavia lhe oferecido emprego, e um dos fundadores da revista Psichological Review, foi obrigado a pedir demissão por causa de um escândalo. Em uma batida policial James foi flagrado em uma casa de prostituição. O reitor da Universidade não aceitou as explicações de James. Assim Watson torna-se responsável pelo departamento de psicologia e editor da importante Psychological Review. Se tornando aos31 anos uma importante figura na psicologia americana. Com dois filhos começou a levar uma vida social ativa, com isso desenvolvendo reputação de mulherengo.
Na universidade era querido pelos alunos, que costumavam dedicar anuário estudantil e elegê-lo como melhor professor. Por volta de 1903 começou a pensar a respeito o tratamento mais objetivo da psicologia e somente em 1908 expressou...
tracking img