Historia da contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2517 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria da Contabilidade

História da Contabilidade – Breve retrospecto. Etapa 1

A história da Contabilidade é muito antiga, pois se acredita que tenha indícios entre 4.000 a 6.000 antes de Cristo.

A contabilidade começa com o homem na antiguidade, pois desde o inicio da civilização o homem já adotava raciocínio contábil. Isso era praticado quando o homem sentia falta de animais em seurebanho ou quando percebia que havia uma quantidade maior de animais que antes “contado” (reprodução).

A forma de contabilizar era com pedras diferenciadas, não existia fala nem conhecimento dos números, mas a capacidade do homem era tanta que podia perceber mudanças com métodos quantitativos. O sistema era empírico.

O tempo foi passando e a contabilidade se desenvolvendo com ocrescimento do homem. É então que se encontram os primeiros escritos de contabilidade na Bíblia, especificamente no “Livro de Jó.

Após o século XV, a contabilidade começa a ser aceita como uma Ciência e a criar uma visão mais abrangente, é a chamada fase Lógico-Racional ou a fase pré - científica da Contabilidade.

A fase pré Científica é onde nasce à primeira Escola Contábil, o Contismo; quebaseava no estudo das Contas.

O que antes era conhecido como racional mnemônico, passou então a ser Lógico- Racional.

O que impulsionou de vez o nome “Contabilidade” foram os acontecimentos ocorridos com o Renascimento.

O Renascimento foi um termo utilizado para expressar as mutações ou transformações ocorridas entre o século XIII ao XVIII em relação à economia, sociologia, artes,religião, Ciência e Política.

O marco principal é a transição do Feudalismo para o Capitalismo e a valorização das artes Greco-romanas que impulsionaram mudanças naturalistas e humanistas.

Em suma, Renascimento é a “descoberta do mundo e do homem" (Jacob Burckhardt)

O renascimento iniciou-se na Itália, País onde surge Luca Pacioli; o pai da contabilidade.

Luca Pacioli foi quemcriou o Método Veneziano ou Método das partidas Dobradas, assuntos impostos em sua obra “Summa de Arithmética”.

Pacioli afirma que: “Não há debito sem credito correspondente ou de igual valor.

A Contabilidade continuou evoluindo e com ela modificações foram feitas, como normas e procedimentos.

Na atualidade pode-se concluir que a contabilidade ainda está em desenvolvimento, pois seguejunto à economia que também está se desenvolvendo.

O foco é o EUA em 1920, dando assim o nome Escola Contábil Norte-Americana, que contribuiu para se desenvolver a Contabilidade Gerencial.

Os Estados Unidos tem um estudo diferencial de auditoria, que foi absolvido e inspirado nas técnicas da Inglaterra.

Com a ascensão da Escola Norte- Americana, houve a Queda da Escola Européia.Assim como toda escola de Contabilidade, a finalidade é entender a matéria Contábil e os fenômenos que geram patrimônio.

A queda da Escola Européia se deu pela falta de conhecimento empírico, já que só utilizavam teorias lógicas.

Fatores da Queda da Escola Européia:
✓ Não davam importância para a Auditoria

✓ Queda das Principais Faculdades Italianas

✓ Não buscavamqualidade e sim Quantidade.


Para finalizar, surge no Século XIX a figura de Fábio Besta – escritor Italiano que define Contabilidade: “a Ciência do controle econômico das entidades”.

O Século XX caracteriza-se como a fase Contemporânea da Contabilidade.

Contabilidade no Brasil e sua Importância.

O Brasil é visto como um país interessante para se estudar e analisar aContabilidade.

As Demonstrações Contábeis que se fazem presentes no mínimo todo ano; são invejadas por muitos países, pois sem dúvidas é uma das mais desenvolvidas do mundo.

O Brasil utiliza técnicas de correções para ajustar o poder aquisitivo da moeda, assim desviando a ineficiência economia.

Entidades Contábeis.

CFC: Conselho Federal de Contabilidade.

IBRACON: Instituto...
tracking img